Bise

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A bise é um vento característico do sector Norte a Noroeste que sopra no planalto suíço, na bacia lemánica assim como na região de Lyon e na Franche-Comté.

Relativamente frio e seco, é reconhecido como sinal de bom tempo porque aparece depois de um tempo chuvoso e limpa a atmosfera, contrariamente à bise noir (bise escura) que sopra quando o tempo está coberto e mesmo chuvoso.

Na realidade a bise levanta-se (é um vento) depois da passagem de uma frente fria que marca o fim de uma perturbação.

Duração[editar | editar código-fonte]

Diz-se na Suíça romanda que só sopra um numero impar de dias - 3, 6 ou 9 dias - mas estudos realizados em 1863 e 1947 afirmam que é há bise de 1 e 2 dias é o mais frequente [1] . A bise é mais frequente na primavera do que no resto do ano.

Intensidade[editar | editar código-fonte]

Geralmente é um vento fraco (10-15 km/h) ou moderado (< 40 km/h) mas podem ter pontas a 90 km/h. Em 2005 registaram-se ventos catastróficos a 178 km/h [2] , e quando o frio se junta ao vento as temperaturas podem ser glaciais [3] . Por vezes os resultados são feéricos como nos invernos de 1997, 2005 ou de 2011.

Imagens[editar | editar código-fonte]

Efeitos da bise e do frio, Versoix, Suíça

Referências

  1. Limnimétrie du Léman. Mit Emile Plantamour, Lausanne 1881 - Obra de François-Alphonse Forel
  2. Tempête de bise du 11 avril 05 (em francês) - Abril 2012
  3. L'Hebdo:Tempête à -41 degrés (em francês) - Abril 2012

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Video em Youtube. Pedir: Bise glaçante, février 2012, Versoix, Suisse