BitLocker

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Emblem-scales.svg
A neutralidade desse artigo (ou seção) foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.

BitLocker é um programa de Criptografia do Windows, presente em versões do Windows Vista, Windows 7 e no Windows 8. Consiste em codificar partições do HD, protegendo seus documentos e arquivos do computador contra o acesso não autorizado.

BitLocker To Go (novidade no Windows 7) pode ajudar a proteger todos os arquivos armazenados em unidades de dados externas (como unidades de disco rígido externas ou unidades flash USB).

Diferentemente do Sistema de Arquivos com Criptografia (EFS), que permite criptografar arquivos individuais, o BitLocker criptografa toda a unidade. Você pode fazer logon e trabalhar com os arquivos normalmente, mas o BitLocker pode ajudar a impedir que crackers acessem os arquivos do sistema necessários para descobrir a sua senha ou que acessem a unidade removendo-a do computador e instalando-a em outro.

A Criptografia de Unidade BitLocker é um recurso de proteção de dados disponível no Windows Vista Enterprise e no Ultimate para computadores clientes e no Windows Server 2008. O BitLocker é a resposta da Microsoft a uma solicitação freqüente dos usuários: lidar com as ameaças reais de roubo ou divulgação de dados do hardware de um computador perdido, roubado ou desativado de maneira inadequada, com uma solução completamente integrada no Sistema Operacional Windows.

Em condições ideais, o recurso usa um Módulo de Plataforma Confiável (TPM 1.2 - Trusted Platform Module) para proteger os dados do usuário e assegurar que um computador executando o Windows Vista não seja acessado quando o sistema estiver off-line. O BitLocker fornece aos funcionários que utilizam informações corporativas e que trabalham em trânsito ou internamente uma proteção aprimorada dos dados, caso seus sistemas sejam perdidos ou roubados, além de uma exclusão segura dos dados quando for preciso inutilizar esses ativos.

O BitLocker aperfeiçoa a proteção aos dados ao reunir duas grandes subfunções: a criptografia da unidade e a verificação da integridade de componentes de inicialização remotos.

A criptografia da unidade protege os dados ao impedir que usuários não autorizados violem a proteção dos arquivos e sistemas do Windows em computadores perdidos, roubados ou desativados de maneira inadequada. Essa proteção é obtida com a criptografia de todo o volume do Windows; com o BitLocker, todos os arquivos do usuário e do sistema são criptografados, incluindo arquivos de swap e de hibernação.

A verificação da integridade de componentes de inicialização remotos ajuda a assegurar que a descriptografia dos dados seja realizada somente se esses componentes não estiverem corrompidos e se a unidade criptografada estiver localizada no computador original.


Versões suportadas[editar | editar código-fonte]

No Windows Vista, apenas as versões Ultimate, Business e Enterprise suportam o recurso, e é necessário ter um chip TPM instalado no computador. No Windows 7, o recurso estará presente em versões como a Ultimate e Enterprise, não sendo necessário um chip TPM para obter a encriptação do HD, porém, sem todos os recursos que a ferramenta oferece.


Fonte: Microsoft