Bleak House

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bleak House
Casa Desolada
Bleakhouse serial cover.jpg
Autor (es) Charles Dickens
Idioma inglês
País  Reino Unido
Assunto capitalismo, desigualdade sociais
Género Ficção
Série Mensal: março 1849 - setembro 1853
Espaço onde decorre a história Londres
Ilustrador Hablot Knight Browne (Phiz)
Arte de capa Hablot Knight Browne (Phiz)
Editora Bradbury & Evans
Lançamento 1853
Cronologia
Último
Último
David Copperfield
Hard Times
Próximo
Próximo

Bleak House (Casa desolada) é um romance de Charles Dickens escrito em 1853, considerado um de seus romances mais sombrios e solidamente construídos.[1]

Tema[editar | editar código-fonte]

Nesta obra Dickens mostra as imperfeições das leis, não só criticando contra as instituições inglesas do século passado, mas também promovendo uma melhor compreensão de seus problemas sociais.[2]

Crítica[editar | editar código-fonte]

George Steiner diz que a obra "é um símbolo das camadas de hipocrisia em que o capitalismo de meados do século XIX escondeu sua crueldade."[3]

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. Alípio Correia de Franca Neto. Literatura Inglesa. IESDE BRASIL SA; ISBN 978-85-387-0795-0. p. 177.
  2. María Pía Lara; Manuel Cruz. La democracia como proyecto de identidad ética. Anthropos Editorial; 1992. ISBN 978-84-7658-359-3. p. 177.
  3. George Steiner. Tolstói o Dostoievski. Siruela; 2002. ISBN 978-84-7844-606-3. p. 35.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]