Bleomicina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bleomicina
Alerta sobre risco à saúde
Bleomycin A2.svg
Nome IUPAC (3-{[(2'-{(5S,8S,9S,10R,13S)-15-{6-amino-2- [(1S)-3-amino-1-{[(2S)-2,3-diamino-3-oxopropyl]amino}-3-oxopropyl] -5-methylpyrimidin-4-yl}-13-[{[(2R,3S,4S,5S,6S)-3- {[(2R,3S,4S,5R,6R)-4-(carbamoyloxy)-3,5-dihydroxy-6- (hydroxymethyl)tetrahydro-2H-pyran-2-yl]oxy} -4,5-dihydroxy-6-(hydroxymethyl)tetrahydro-2H-pyran-2-yl]oxy} (1H-imidazol-5-yl)methyl]-9-hydroxy-5-[(1R)-1-hydroxyethyl]-8,10-dimethyl-4,7,12,15- tetraoxo-3,6,11,14-tetraazapentadec-1-yl}-2,4'-bi-1,3- thiazol-4-yl)carbonyl]amino}propyl)(dimethyl)sulfonium
Identificadores
Número CAS 11056-06-7
PubChem 456190
DrugBank APRD00453
ChemSpider 401687
Código ATC L01DC01
SMILES
Propriedades
Fórmula química C55H84N17O21S3
Massa molar 1415.44 g mol-1
Farmacologia
Biodisponibilidade bem absorvido
Via(s) de administração intramuscular e subcutâneo
Meia-vida biológica 2 horas
Excreção renal (60-70%)
Riscos na gravidez
e lactação
D (EUA)
Riscos associados
LD50 > 2000 mg kg-1 (Camundongo, oral)[1]
Excepto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições PTN

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Bleomicina é um fármaco produto de fermentação de Streptomyces verticillus.

Indicado normalmente para neoplasias de pele e do trato genitário e câncer do testículo.[2]

A molécula de bleomicina é capaz de despolimerizar o DNA. Com seu uso é possível a reações alérgicas, toxicidade pulmonar, ou alopecia.

Notas e referências

  1. ChemIDplus
  2. P.R. Vade-mécum ABIMIP 2006/2007