Blutengel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Blutengel
Blutengel Chris Pohl.jpeg
Chris Pohl
Informação geral
País  Alemanha
Gênero(s) Electrogoth
Synthpop
Futurepop
EBM
Darkwave
Eletrônica
Período em atividade 1999 - atualmente
Gravadora(s) Out Of Line Records
Página oficial Site Oficial
Integrantes Chris Pohl
Ulrike Goldmann
Ex-integrantes Nina Bendigkeit
Katie Roloff
Gini Martin
Eva Pölzing
Sonja Semmler
Constance Rudert
Anja Lydia Milow

Blutengel (em alemão: Anjo de Sangue) é um grupo alemão com gênero voltado ao Futurepop e de estilo gótico. A banda é formada por seu fundador, Chris Pohl (também integrante e criador do Terminal Choice, Tumor, Pain of Progress e Seelenkrank), todos seus projetos musicais. As letras são escritas em duas línguas, inglês e alemão, juntando vocais masculino e feminino.

História[editar | editar código-fonte]

Após enfrentar problemas legais no Seelenkrank, o conjunto voltou com novos integrantes e um nome redefinido: Blutengel. No começo as letras eram escritas em alemão, passadas mais tarde ao inglês. Usando os conhecimentos de D.J. do próprio Chris, mesclaram vozes femininas masculinas a um som eletrônico. As letras geralmente tratam de amor, tragédia, esperança e de todos os desejos do ser humano.[1]

No começo as vocalistas eram Kati Roloff e Nina Bendigkeit. Kati e Nina em dueto no Blutengel no álbum Child of Glass em 1999. Mesmo tendo o álbum como grande sucesso, demoraram dois anos para conseguir gravar outro disco, o Seelenschmerz.

No ano de 2000, Nina saiu da banda e Gini Martin foi encontrada para substitui-la, completando o dueto. "Children of the Night", "Der Spiegel", "Soul of Ice"' entre outras do CD "Seelenschmerz" obtiveram grande êxito, chegando ao mais alto Top da Alemanha.

No final de 2001,Kati e Gini saíram do grupo a fim de começar um projeto próprio, Tristesse de la Lune. Kati foi substituída por Constance Rudert e Gini por Eva Pölzing.[2]

Renovado, o Blutengel lançou o Angel Dust, ficando na 58ª posição do Top 100, graças às músicas "Angel Of The Night" e "Vampire Romance" que aumentaram sua fama.[3]

O ano de 2004 foi marcado pelo lançamento do álbum Demon Kiss, seguido pelo DVD Live Lines vendido em 2005, porém notícias ruins aguardavam o grupo. No mês de outubro do mesmo ano Eva Pölzing saiu para cuidar de seus projetos pessoais.

Assim foi como Ulrike Goldmann (ex-Say-Y) que substituiu Eva gravando os singles The Oxidising Angel e My Saviour.[4]

Em Setembro de 2007 lançaram mais um álbum, o Labyrinth.

Membros[editar | editar código-fonte]

Membros Atuais[editar | editar código-fonte]

Antigos Membros[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

  • 1999: Child of Glass
  • 2001: Seelenschmerz
  • 2002: Angel Dust
  • 2004: Demon Kiss
  • 2005: Live Lines (ao vivo)
  • 2005: The Oxidising Angel EP
  • 2006: My Saviour EP
  • 2007: Labyrinth
  • 2009: Schwarzes Eis
  • 2009: Soultaker EP
  • 2011: Tränenherz
  • 2011: Nachtbringer
  • 2013: Monument
  • 2013: Once in a Lifetime
  • 2014: Black Symphonies
  • 2015: Omen

Também inclusas as versões limitadas de Seelenschmerz, Angel Dust, Demon Kiss, The Oxidising Angel e Labyrinth.

DVD's[editar | editar código-fonte]

  • 2005: Live Lines
  • 2008: Moments of Our Lives
  • 2011: Tränenherz Tour
  • 2012: Once in a Lifetime live in Berlin

Singles[editar | editar código-fonte]

  • 2001: Bloody Pleasures
  • 2001: Black Roses
  • 2002: Vampire Romance
  • 2003: Forever
  • 2004: Mein Babylon (Stendal Blast & Blutengel)
  • 2004: No Eternity
  • 2007: Lucifer (Blaze)
  • 2007: Lucifer (Purgatory)
  • 2011: Reich Mir Die Hand
  • 2011: Uber der Horizont
  • 2012: Save Our Souls
  • 2013: Kinder dieser Stadt
  • 2014: Asche zu Asche

Tracks exclusivos junto aos Compilados[editar | editar código-fonte]

  • Awake the Machines Vol. 2 – Love
  • Machineries of Joy – Fairyland (Female Version)
  • Machineries of Joy Vol. 3 – Falling
  • Awake the Machines Vol. 5 – Go to Hell? (Forever Lost Remix)
  • Advanced Electronics – Black Roses (Remix)
  • Fear Section Vol. 1 – Weg zu mir (Shicksals-Version 2002)
  • Sonic Seducer M'Era Luna Sampler 2003 – Black Wedding (Exclusive Remix by ASP)
  • Sonic Seducer – Cold Hands Vol. 24 – Iron Heart (Plastic Noise Experience Remix)
  • ZilloScope 3/2004 – Love Killer (Zillo Version)
  • Mystic Sounds Volume 10 – I'm Dying Alone

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]