Bob Bell

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Robert Charles "Bob" Bell (10 de abril de 1958, Belfast, Irlanda do Norte) é o diretor técnico da equipe Mercedes GP Formula 1 Team.[1] [2]


Bell cursou a Queen's University em Belfast, onde ganhou um doutorado em Engenharia Aeronáutica antes de ingressar na McLaren em 1982 e trabalhou como especialista em aerodinâmica da empresa até 1988, quando foi promovido a Chefe de Pesquisa e Desenvolvimento para os próximos dois anos. Em 1997, Bell mudou para a equipe de Benetton de Fórmula 1, trabalhando lá com Nick Wirth.

Ele trabalhou como especialista em aerodinâmica sênior da Benetton até 1999, quando foi para a equipe Jordan Grand Prix se juntando a eles como o chefe de tecnologia dos veículos, depois de ter sido convidado pelo seu ex-colega de McLaren, Mike Gascoyne. Ambos foram para a Renault F1 e em 2001, Bell foi nomeado Diretor Adjunto Técnico da equipe de Enstone, tornando-se o Diretor Técnico em 2003, quando Mike Gascoyne partiu para se juntar à equipe Toyota F1.

Bell era diretor técnico da Renault F1 durante o enorme sucesso das temporadas de 2005 e 2006, em que seus R25 e R26 ganharam o campeonato de pilotos e campeonato de construtores. Nas próximas duas temporadas viu muito poucos bons resultados, e seus projetos caíram no campeonato de construtores para o quarto lugar em 2007 e 2008.

Após a renúncia de Flavio Briatore e Pat Symonds, em relação ao controvérsio acidente da Renault na Fórmula Um, Bell foi nomeado chefe da equipe em 23 de setembro de 2009, pelo resto da temporada. Para a temporada de 2010, Bell ocupou o cargo de Managing Director da equipe Renault até deixar a equipe em 06 de outubro de 2010. Em 18 de fevereiro de 2011, Bell foi nomeado como o novo diretor técnico da Mercedes GP, a partir de 1º de Abril de 2011.

Referências

  1. Saward, Joe (2006-07-12). Bob Bell - the art of winning GrandPrix.com Inside F1, Inc..
  2. People: Bob Bell GrandPrix.com Inside F1, Inc..
Ícone de esboço Este artigo sobre Fórmula 1 é um esboço relacionado ao projeto sobre Fórmula 1. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.