Boeing B-29 Superfortress

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Boeing B-29 Superfortress
B-29 Superfortress em missão de treinamento sobre o Rio Alabama
Tipo Avião bombardeiro
Fabricante Estados Unidos Boeing
Primeiro voo 21 de setembro de 1942 (71 anos)
Custo unitário 639.188 dólares
Comprimento 30,18 metros
Envergadura 43,05 metros
Altura 9,02 metros
Velocidade máxima 574 km/h
Altitude máxima 10.250 metros
Peso máx. decolagem 60,560 kgf

O Boeing B-29 Superfortress é um avião militar com quatro motores a hélices que foi utilizado como bombardeiro durante a Segunda Guerra Mundial e na Guerra da Coreia pela Força Aérea dos Estados Unidos da América.

Foi também o avião que levou as bombas atômicas para o ataque às cidades de Hiroshima e Nagasaki.

O Boeing B-29 foi o maior avião em serviço durante a Segunda Guerra Mundial, quando 50 mil operários trabalharam em seu projeto de desenvolvimento e cada unidade custou um milhão de dólares. Ele era considerado avançado para os outros bombardeiros da época, tendo como inovações a cabine pressurizada, sistema central de controle de fogo e metralhadoras controladas por controle remoto.

Embora desenvolvido para ser um bombardeiro diurno de alta altitude, na prática realizou mais missões incendiárias noturnas de baixa altitude.

Até a sua retirada no final dos anos 60, 3.900 B-29 foram construídos.

Commons
O Commons possui multimídias sobre Boeing B-29 Superfortress

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.