Bojador

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde fevereiro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Saara OcidentalMarrocos
Bojador
بوجدور
Cabo Bojador, Boujdour
 
—  Município  —
Entrada de Bojador
Entrada de Bojador
Bojador está localizado em: Saara Ocidental
Bojador
Localização de Bojador no Saara Ocidental
26° 7' 30" N 14° 29' 10" O
Região Laâyoune-Boujdour-Sakia El Hamra
Província Bojador
Administração
 - Prefeito Abdelaziz Aba (2009, PI)
População (2004)[1] [2]
 - Total 36 731
 - Estimativa (2012) 58 101
Território do Saara Ocidental sob o controle de Marrocos
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bojador

Bojador (em espanhol: Cabo Bojador; em francês: Boujdour; em árabe: بوجدور) é uma cidade do Saara Ocidental administrada de facto por Marrocos, que a considera parte do seu território. É capital da província homónima, que faz parte da região de Laâyoune-Boujdour-Sakia El Hamra. Em 2004 tinha habitantes[1] e estimava-se que em 2012 tivesse 58 101 habitantes.[2]

Situada junto ao Cabo Bojador, na costa atlântica, Bojador encontra-se 180 km a sul de El Aaiún por estrada. Orginalmente uma aldeia de pescadores que rodeava o farol do cano, desde 1976 que tem vindo a tornar-se um centro urbano, devido ao crescimento demográfico, ao novo porto, à central de dessalinização construída naquele ano e à descoberta recente de águas subterrâneas.

História[editar | editar código-fonte]

O primeiro navegante europeu a dobrar ao Cabo Bojador foi o português Gil Eanes, em 1434, durante a sua 15ª expedição, sob os auspícios do Infante D. Henrique. O desaparecimento de muitos navios europeus que navegaram na zona tinha dado origem a mitos como o da existência de monstros marinhos e da impossibilidade de passar o cabo em direção a sul.

Em 1884, Espanha declarou a zona costeira do Cabo Bojador um protetorado sob a sua soberania, estatuto que se manteria até 1975, quando o controle passou para Marrocos, o que é contestado pela Argélia e pela Frente Polisário.

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Recensement général de la population et de l'habitat 2004 (em francês). www.hcp.ma. Royaume du Maroc - Haut-Comissariat au Plan. Página visitada em 26 de fevereiro de 2012.
  2. a b Sahara Occidental: Les villes les plus grandes avec des statistiques de la population (em francês). gazetteer.de. World Gazeteer. Página visitada em 26 de fevereiro de 2012.


Ícone de esboço Este artigo sobre o Saara Ocidental é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Marrocos, integrado ao Projeto África é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.