Bola batida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde abril de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

No beisebol, uma bola batida (batted ball) é qualquer bola que, após um arremesso, é contatada pelo bastão do rebatedor. Um ou mais termos são usados para descrever uma bola batida, dependendo de como ela sai do bastão e de onde ela pousa no campo.

Há geralmente três categorias descritivas para bolas rebatidas ao ar:

  • Uma bola aérea (fly ball) é uma bola que é rebatida para longe, normalmente muito alta. Os defensores tentam apanhar bolas aéreas em sua descida.
  • Uma pop fly, ou pop-up, é um tipo específico de bola aérea que vai muito alta embora não viaje muito longe. Da perspectiva do defensor, pop-ups parecem vir diretamente para baixo. Bolas aéreas pegas em vôo, assim resultando em uma eliminação, são chamadas de fly out ou pop out, dependendo do caso.
  • Uma bola a meia altura (line drive, ou liner) é uma rebatida precisa e de vôo baixo. O limiar entre uma bola a meia altura e uma bola aérea é subjetivo; bolas a meia altura tendem a ter pouco arco perceptível. Também tendem a serem as bolas mais difíceis de apanhar por causa de sua velocidade e descida rápida; entretanto, quando muito rápidas e rebatidas diretamente para um defensor, são freqüentemente pegas pelo instinto sem necessidade de pensar muito, fazendo a apanhada fácil embora talvez inesperada. A eliminação por bola a meia altura se chama line out. Bolas a meia altura podem ser especialmente perigosas a jogadores e torcedores.

Uma bola rasteira (ground ball, ou grounder) é uma bola batida que rola ou quica no chão. Uma bola a meia altura no campo interno pode se tornar uma difícil bola rasteira para um defensor externo; essas são normalmente chamadas de bolas a meia altura. Uma bola rasteira no campo interno normalmente resulta em eliminação (ground out).

Bunts geralmente não são considerados como bolas rasteiras; eles são um tipo distinto de bola batida, onde o batedor, na verdade, tenta “bloquear” a bola com o bastão mantido fixo, ao invés de fazer um swing completo.

Quaisquer uns dos tipos de bola acima podem ser bolas válidas ou bolas de falta. Os árbitros também sinalizarão se foi válida ou falta em fly outs próximos à linha de falta, mas o resultado de um fly out de falta (ou foul out) não é diferente de um fly out válido.

Um foul tip, tipo muito diferente de bola batida, é uma bola que resvala no bastão e vai direto para trás, quase como se o bastão a tivesse errado, e é pega pelo receptor. Às vezes é difícil de dizer se um rebatedor resvalou a bola a menos que se esteja perto o bastante para ouvir o contato. Um foul tip sempre é um strike, mesmo se houver dois strikes na conta do rebatedor. Se o receptor não pegá-la, é uma bola de falta comum.