Bolor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nota: Mofo redirige aqui. Se procura a canção da banda U2, consulte Mofo (canção).

O bolor ou mofo é uma designação comum dada a fungos filamentosos que não formam estruturas semelhantes a cogumelos. Eles vivem principalmente em lugares úmidos e escuros.[1]

Bolores crescem sobre pão velho, frutas podres, couro, madeira, papel e muitos outros materiais.

Certos tipos de bolores podem causar mal à saúde humana.[1] No entanto, algumas espécies desses fungos são benéficas, sendo muito utilizadas na produção de queijos, como o gorgonzola,e em medicamentos, como a penicilina. O gênero do bolor preto do pão é Rhizopus. Ele é formado por vários fungos que se alimentam dela. Esse tipo de transformação química recebe o nome de decomposição.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Ryan KJ; Ray CG (editors). 'Sherris Medical Microbiology'. 4 ed. [S.l.]: McGraw Hill. ISBN 0-8385-8529-9

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  • Paulino, Wilson Roberto. Biologia Atual, Vol. 2
  • Antunes, José & Júnior, Antônio Antunes. Enciclopédia delta de Ciências Naturais, Vol. 3, Botânica.
Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.