Bom Jesus do Itabapoana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde maio de 2013).
Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Município de Bom Jesus do Itabapoana
Bandeira de Bom Jesus do Itabapoana
Brasão de Bom Jesus do Itabapoana
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 15 de agosto
Fundação 1 de janeiro de 1939 (75 anos)
Gentílico bom-jesuense
Prefeito(a) Maria das Graças Ferreira Motta (Branca Motta) (PMDB)
(2009–2012)
Localização
Localização de Bom Jesus do Itabapoana
Localização de Bom Jesus do Itabapoana no Rio de Janeiro
Bom Jesus do Itabapoana está localizado em: Brasil
Bom Jesus do Itabapoana
Localização de Bom Jesus do Itabapoana no Brasil
21° 08' 02" S 41° 40' 48" O21° 08' 02" S 41° 40' 48" O
Unidade federativa  Rio de Janeiro
Mesorregião Noroeste Fluminense IBGE/2008 [1]
Microrregião Itaperuna IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Campos dos Goytacazes, Italva, Itaperuna, Natividade, Varre-Sai, São José do Calçado (ES), Bom Jesus do Norte (ES), Apiacá (ES), Mimoso do Sul (ES) e Guaçuí (ES).
Distância até a capital 366 km
Características geográficas
Área 598,401 km² [2]
População 35 411 hab. Censo IBGE/2010 [3]
Densidade 59,18 hab./km²
Altitude 88 m
Clima Tropical Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,732 (RJ: 22º) – alto PNUD/2010 [4]
PIB R$ 341 502,105 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 9 707,83 IBGE/2008[5]
Página oficial
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Bom Jesus do Itabapoana

Bom Jesus do Itabapoana é um município do estado do Rio de Janeiro, no Brasil. Situa-se a uma altitude de 88 metros. A população recenseada em 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística foi de 35 411 habitantes.[3] Possui uma área de 598,84 quilômetros quadrados, subdividida nos distritos de Bom Jesus do Itabapoana (sede), Calheiros, Carabuçu, Pirapetinga de Bom Jesus, Rosal e Serrinha.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Bom Jesus" é uma referência a "Bom Jesus da Vista Alegre", lugarejo de Minas Gerais de onde vieram os fundadores do município. "Itabapoana" é uma referência ao rio Itabapoana, que banha o município.[6]

História[editar | editar código-fonte]

Até meados do século 19, a região era habitada pelos índios puris. Nessa época, os índios foram expulsos devido à chegada de colonizadores procedentes de Minas Gerais, que implantaram, na região, fazendas movidas a trabalho escravo. Em 1853, através da lei imperial 636, foi criada a freguesia de Nossa Senhora da Natividade do Carangola. Em 1856, foi criada uma sub-delegacia no arraial do Senhor Bom Jesus. Em 1862, o arraial foi elevado à condição de freguesia com o nome de Senhor Bom Jesus do Itabapoana. Em 1885, Bom Jesus do Itabapoana passou a pertencer ao município de Itaperuna. Em 1890, Bom Jesus do Itabapoana foi elevado à condição de município autônomo. Em 1892, foi suprimida a autonomia, que viria a ser reconquistada em 1938.[6]

Legislativo[editar | editar código-fonte]

A Câmara Municipal de Bom Jesus do Itabapoana foi instalada em 04 de outubro de 1947. Neste mesmo ano três bom-jesuenses disputaram uma vaga para deputado estadual. São eles: José de Oliveira Borges (PSD) com 2079 votos; Dr. Otacílio de Aquino (UDN) com 871 votos; Roberto Silveira (PTB) com 414 votos. Apesar de menos votado na cidade, Roberto Silveira seria eleito governador do estado em 1958.

PRIMEIRA LEGISLATURA: 1947 a 1951:
ANTONIO TINOCO OLIVEIRA – Presidente;
ABILIO DE SÁ VIANA;
AGOSTINHO BOECHAT;
CARLOS MARQUES BRAMBILA;
CRISTOVÃO PADILHA CAMPOS;
DR. DIRCEU CABRAL HENRIQUES;
ESIO MARTINS BASTOS;
GUATHIER PONTES FIGUEIREDO;
DR. JOSÉ VIEIRA SERÓDIO;
DR. JOSÉ DUARTE VIEIRA – Presidente;
JOÃO GOMES DE FIGUEREDO;
MARIO NUNES DA SILVA;
TITO NUNES DA SILVA.

PREFEITO: CEL. ALFREDO PORTUGAL.

SEGUNDA LEGISLATURA: 1951 a 1955:
ALAIR TEIXEIRA BORGES;
ABILIO DE SÁ VIANA;
AGOSTINHO BOECHAT;
DURVAL TITO DE ALMEIDA;
ELIAS NUNES NETO;
ESIO MARTINS BASTOS;
FRANCISCO GOMES FIGUEIREDO;
JOSÉ DE OLIVEIRA BORGES;
JOSINO TARDIN;
LAURO DA SILVA MOTTA;
MANOEL FERREIRA COUTINHO;
PLINIO DE FIGUEIREDO SILVEIRA;
TITO NUNES DA SILVA.

PREFEITO: GUATHIER PONTES FIGUEREDO.

TERCEIRA LEGISLATURA: 1955 a 1959:
NELSON DA SILVA MOTTA – Presidente;
DR. HELIO BASTOS BORGES;
JOÃO RODRIGUES DO CARMO;
ANTENOR ANTONIO GAMBÔA;
JOSÉ GOMES DOS SANTOS FILHO;
AGOSTINHO BOECHAT;
WALTER FIORI;
JOÃO GOMES DE FIGUEIREDO;
ÉSIO MARTINS BASTOS;
JOSÉ DOMINGUES DE ANDRADE;
ALAIR TEIXEIRA BORGES;
ELOI TEIXEIRA DOS SANTOS;
MIGUEL JORGE DA SILVA;
JAIME RODRIGUES DO CARMO.

PREFEITO: JOSÉ DE OLIVEIRA BORGES;

VICE-PREFEITO: MARIO NUNES DA SILVA.

QUARTA LEGISLATURA: 1959 A 1963:
JORGE ASSIS DE OLIVEIRA – Presidente;
DR. ANTONIO SAMPAIO PERES;
ADÍLIO TEIXEIRA PIMENTEL;
MANOEL DE ARAÚJO SANTOS;
JOSÉ DOMINGOS DE ANDRADE;
OLEGÁRIO TEIXERIA DE FARIA;
AGOSTINHO BOECHAT;
DR. CID BASTOS BORGES;
JAIR DE OLIVEIRA SILVA;
RAUL DE ALMEIDA ANDRADE;
CARLOS FERNANDO PINHEIRO DE SOUZA;
ELOY TEIXEIRA DOS SANTOS;
FLUMINENSE ALT;
LOURIVAL PEREIRA DE AZEVEDO (subst. Dr. Antonio S. Peres);
ALAIR TEIXEIRA BORGES – (Falecido. Subst. Fluminense Alt).

PREFEITO: GAUTHIER PONTES FIGUEIREDO – faleceu no exercício do mandato e foi substituído pelo VICE-PREFEITO SR. CÉSAR AUGUSTO P. PORTUGAL.

QUINTA LEGISLATURA: 1963 a 1967:
JOSÉ DE OLIVEIRA BORGES;
NELSON DA SILVA MOTTA;
ALZEMIRO TEIXEIRA DE OLIVEIRA;
ARCIONILIO NUNES DE MORAES;
ERNESTO LUMBREIRAS;
FELISBERTO VIEIRA GONÇALVES – Presidente;
AGOSTINHO BOECHAT;
JOSÉ DOMINGUES DE ANDRADE;
ADILIO TEIXEIRA PIMENTEL;
DR. JOAQUIM MOREIRA MEGRE – Presidente;
LUIZ TEIXEIRA BORGES;
DR. JOSÉ DO CANTO MASCARENHAS – Presidente;
NOÉ DA SILVA VARGAS;
AURELIANO F. DE AQUINO – Falecido – (Subst. Luiz T. Borges);
DR. JOSÉ RODRIGUES DO CARMO (Subst. Aureliano F. Aquino).

PREFEITO: PREFEITO: DR. OLIVEIRO TEIXEIRA.

SEXTA LEGISLATURA: 31/01/1967 a 30/01/1971:
ADÍLIO TEIXEIRA PIMENTEL;
AGOSTINHO BOECHAT – Presidente;
CARLOS ALBERTO PEREIRA PINTO
DR. FRANCISCO MORAES FERREIRA – Presidente;
GERALDO CYRILLO;
GILBERTO ALT FIGUEIREDO;
GILSON FIGUEIREDO;
JOSÉ FERRINE;
JOSÉ TEIXEIRA SOBRINHO;
JUVENAL DE SOUZA MACHADO;
DR. JOAQUIM MOREIRA MÉGRE;
DR. JOSÉ RODRIGUES; DO CARMO – Presidente;
LUIZ VALIM DOS REIS
LOURIVAL PEREIRA DE AZEVEDO;
RALIL HABIB ASSAD – (falecido e Subst. José Teixeira Sobrinho).

PREFEITO: JORGE ASSIS DE OLIVEIRA;
VICE-PREFEITO: CARLOS BORGES GARCIA.


SÉTIMA LEGISLATURA: 31/01/1971 a 31/01/1973:
ANTONIO DUTRA LEAL;
AURELIANO PEREIRA DE AZEVEDO;
GERALDO CYRILLO – Presidente;
ISAAC DE JESUS ROSA;
JOSÉ FERRINE;
JOÃO DE OLIVERIA VARGAS;
DR. JOAQUIM MOREIRA MÉGRE;
DR. LUCIANO DE SOUZA NUNES;
MIGUEL DE ALMEIDA RANGEL;
MOACYR VIEIRA SERÓDIO;
PEDRO GONÇALVES DUTRA (falecido e subst. João O. Vargas);
UBIRACY PERES GOMES;
WENCESLAU TEIXEIRA BORGES.

PREFEITO: CARLOS BORGES GARCIA;
VICE-PREFEITO: MIGUEL ANGELO BARBOSA MOTTA.


OITAVA LEGISLATURA: 31/01/1973 a 31/01/1976:
ACÁCIO TEIXEIRA DA SILVEIRA;
ALDO COELHO BORGES (subst. Conceição de Maria Pedrosa);
CONCEIÇÃO DE MARIA PEDROSA;
FRANCISCO GOMES;
FRANCISCO NUNES;
GERALDO CYRILLO – Presidente;
GERALDO MAGELA MACHADO;
JOÃO DE SOUZA E SILVA;
MARIO BAHIA VIANA (falecido e Subst. Francisco G. Sobrinho);
OSÉAS DE GODOY;
PEDRO RENATO DE ALMEIDA BAPTISTA – Presidente;
WALDIR GOUTINAUR MOTRA DE CARVALHO;
UBIRACY PERES GOMES.

PREFEITO: NOÉ DA SILVA VARGAS;
VICE-PREFEITO: JOSÉ TEIXEIRA DE OLIVEIRA.


NONA LEGISLATURA: 01/02/1977 a 30/01/1983:
ANTONIO BENDIA DE OLIVEIRA – Presidente;
ANTONIO DUTRA LEAL;
DELBIO MACHADO DE AZEVEDO;
GEORGINA MELLO TEIXEIRA;
JACINTO SERÓDIO BOECHAT – Presidente;
JARBAS TEIXEIRA BORGES;
JOSÉ RODRIGUES DO CARMO – Presidente;
JOSÉ PEREIRA CAMPOS;
LOURIVAL PEREIRA DE AZEVEDO;
MARTINS PAULO DA SILVA;
OSÉAS DE GODOY;
DR. PEDRO RENATO DE ALMEIDA BAPTISTA – Presidente;
UBIRACY PERES GOMES.

PREFEITO: JORGE ASSIS DE OLIVEIRA, faleceu no exercício do mandato e foi substituído pelo VICE-PREFEITO ADILIO TEIXEIRA PIMENTEL, no período DE 04/12/80 a 31/12/1982.

DÉCIMA LEGISLATURA: 31/01/1983 a 31/12/1988: 
LOURIVAL PEREIRA DE AZEVEDO – Presidente da Câmara;
DR. JOSÉ ANTONIO A. RANGEL;
FRANCISCO FERREIRA DE SOUZA – Presidente da Câmara
WALTER DE SOUZA;
JOSÉ PAULINO DA SILVA;
MARIA AUREA MEGRE M. HOBAICA;
IVAN LINHARES (SUBST. WENCESLAU T. BORGES);
OSÉAS DE GODOY;
DRA. HELENA PIMENTEL MONTEIRO;
JOÃO BAPTISTA BORGES;
JOÃO BATISTA DE ALMEIDA;
FRANCISCO TEIXEIRA NETO;
FRANCISCO GOMES SOBRINHO.

PREFEITO: DR. PAULO ROBERTO D. PORTUGAL;
VICE-PREFEITO: JACINTO SERÓDIO BOECHAT.


DÉCIMA PRIMEIRA LEGISLATURA: 01/01/1993 a 31/12/1996:
DR. CLEVERSON RUFINO ARAUJO – Presidente;
CARLOS NEY COSTA PIRES;
FRANCISCO FERREIRA DE SOUZA;
DRA. HELENA PIMENTEL MONTEIRO;
DR. JOSÉ ANTONIO DE ALMEIDA RANGEL;
JOSÉ FERREIRA BORGES;
DR. LUCIANO DE SOUZA NUNES;
MARTINS PAULO DA SILVA;
MARIA ÁUREA MEGRE M. HOBAICA – Presidente;
DR. NEDILSON DE OLIVEIRA LARIU;
PAULO SERGIO TEIXEIRA DE OLIVEIRA;
PETRÔNIO GONÇALVES FIGUEIREDO;
DR. SALVIANO GUILHERME BARROCAS (Presidente Câmara Constituinte).

PREFEITO: CARLOS BORGES GARCIA;
VICE-PREFEITO: ADÍLIO TEIXEIRA PIMENTEL.


DÉCIMA SEGUNDA LEGISLATURA: 1993 a 1996:
CARLOS NEY COSTA PIRES – Presidente da Câmara – 1995;
DR. CELSO REZENDE TEIXEIRA – Presidente da Câmara – 1996;
FRANCISCO TEIXEIRA NETO;
FRANCISCO FERREIRA DE SOUZA;
ISMAEL BORGES DE ALVARENGA;
JOÃO BATISTA CHAVES MAGALHÃES;
JOSÉ RENATO DE REZENDE;
DR. LUCIANO DE SOUZA NUNES – Presidente da Câmara – 1994;
MARIA AUREA MEGRE MANSUR HOBAICA;
DR. PAULO ROBERTO PIMENTEL;
SILVIO GOMES FERREIRA;
DR. SEBASTIÃO FREIRE RODRIGUES – Presidente Câmara – 1993;
DR. SALVIANO GUILHERME BARROCAS;
SERVERINO PEREIRA DE REZENDE NETO;
VALDEVI DA SILVA RAMOS;

PREFEITO: ÁLVARO MOREIRA;
VICE-PREFEITO: GILSON FIGUEIREDO.


DECIMA TERCEIRA LEGISLATURA: 01/01/1997 a 31/12/2000:
ANTONIO GOMES TEIXEIRA;
BILL CARLOS MANHÃES;
CARLOS NEY COSTA PIRES – (Licenciou-se para assumir a Secretária Municipal de Agricultura);
FRANCISCO FERREIRA DE SOUZA (SUBST. CARLOS NEY);
DR. JOSÉ ANTONIO DE ALMEIDA RANGEL;
JOÃO BATISTA CHAVES MAGALHÃES;
JOSÉ ROBERTO MOTTA;
MARIA AUREA MEGRE MANSUR HOBAICA;
DR. OGANDO LUIZ PEREIRA DA SILVA;
PAULO SERGIO TEIXEIRA DE OLIVEIRA;
PAULO ROBERTO PIMENTEL;
RALPH PIMENTA GOMES
REGINA CELIA RIBEIRO COUTO;
SERGIO C. MASCARENHAS;
SEBASTIÃO FERREIRA VIEIRA;
VALDEVI DA SILVA RAMOS.

PREFEITO: CARLOS BORGES GARCIA;
VICE-PREFEITO: DR. NINO MOREIRA SERÓDIO.


DÉCIMA QUARTA LEGISLATURA: 01/01/2001 a 31/12/2004:
BILL CARLOS MANHÃES;
CARLOS NEY COSTA PIRES – Licenciou-se para assumir a Secretária Municipal de Agricultura;
DR. CELSO REZENDE TEIXEIRA;
CLÉRIO TADEU DA SILVA;
JOÃO BATISTA CHAVES MAGALHÃES;
JOÃO MARCOS DE SOUZA;
JOSÉ LUIZ REZENDE DO CARMO;
DR. LUCIANO DE SOUZA NUNES;
DR. PAULO ROBERTO PIMENTEL;
PAULO SERGIO TEIXEIRA DE OLIVEIRA;
REGINA CELIA RIBEIRO COUTO;
RALPH PIMENTA GOMES;
DR. SAMUEL JUNIOR SOARES DE AGUIAR;
SEBASTIÃO FERREIRA VIEIRA
VALDEVI DA SILVA RAMOS;
DR. JOSÉ ANTONIO DE ALMEIDA RANGEL (SUBST. CARLOS NEY COSTA PIRES).

PREFEITO: MIGUEL ÂNGELO BARBOSA MOTTA;
VICE-PREFEITO: DR. OGANDO LUIS PEREIRA.


DECIMA QUINTA LEGISLATURA: 01/01/2005 a 31/12/2008:
CLÉRIO TADEU DA SILVA;
JOÃO BATISTA CHAVES MAGALHÃES;
JOÃO MARCOS DE SOUZA;
DR. LUCIANO DE SOUZA NUNES;
MARLENILDO SILVEIRA (SUB. JOÃO M. DE SOUZA);
DR. PAULO ROBERTO PIMENTEL;
PAULO SERGIO TEIXEIRA DE OLIVEIRA;
RALPH PIMENTA GOMES;
DR. SAMUEL JUNIOR SOARES DE AGUIAR;
SEBASTIÃO FERREIRA VIEIRA.

PREFEITO: CARLOS BORGES GARCIA (licenciado); assumiu o VICE-PREFEITO: DR. PAULO SERGIO DO CANTO CYRILLO; no impedimento do Vice-Prefeito assumiu o Executivo: JOÃO BATISTA CHAVES MAGALHÃES (Presidente da Câmara). Alguns dias depois: Assumiu JOSÉ ARY LOUREIRO BORGES (renunciou) e finalmente, DR. PAULO ROBERTO DUARTE PORTUGAL, Prefeito e DR. ANTONIO BENDIA DE OLIVEIRA, Vice-Prefeito (escolhidos e empossados pela Câmara Municipal).

DECIMA SEXTA LEGISLATURA: 01/01/2009 a 31/12/2012:
CLÉRIO TADEU DA SILVA;
CLEILTON VIEIRA DA COSTA;
ERALDO SALLUTO REZENDE;
DR. LUCIANO DE SOUZA NUNES;
MARCOS BAPTISTA VALINHO;
DR. PAULO ROBERTO PIMENTEL;
DR. SAMUEL JUNIOR SOARES DE AGUIAR;
SEBASTIÃO FERREIRA VIEIRA;
VALDEVI DA SILVA RAMOS.

PREFEITA: MARIA DAS GRAÇAS FERREIRA MOTTA;
VICE-PREFEITO: DR. ADELSON HILÁRIO DE SOUZA.

Economia[editar | editar código-fonte]

Bom Jesus do Itabapoana tem sua economia voltada principalmente à agropecuária e aos setores comercial e de serviços. Conta também com pequeno parque industrial, razoavelmente diversificado.

Educação[editar | editar código-fonte]

O município de Bom Jesus do Itabapoana oferece ensino público nas modalidades Educação Infantil e Fundamental I, sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Educação. O Ensino Fundamental II e o Ensino Médio são oferecidos por escolas estaduais no município, exceto o ensino médio integrado ao ensino técnico que é oferecidos pelo Instituto Federal Fluminense. Há também o Instituto Superior de Educação - ISE-FAETEC , que conforme Decreto nº 43.586 de 14 de maio de 2012, alterou seu nome para Faculdade de Educação Tecnológica do Estado do Rio de Janeiro - FAETERJ Bom Jesus do Itabapoana. A FAETER oferece curso de graduação em pedagogia e curso de extensão em libras. A Faculdade Metropolitana São Carlos - FAMESC-BJI, oferece graduação em Enfermagem, Ciências Biológicas, Direito, Administração e cursos diversos de pós-graduação lato sensu e o Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro - CEDERJ oferece, com polo de ensino em Bom Jesus, curso à distância de Pedagogia, licenciatura em Ciências Biológicas e Administração Pública.

[7] [8] [9] [10]

Escolas Municipais

  • Creche Tia Ângela
  • E. M. Olívio Bastos
  • C.E.I. Criança Feliz
  • E. M. Benemérito Dr. Cid Bastos Borges
  • E. M. Mariquinha Batista
  • Jardim de Infância Maria Nair Fassbender Ferolla
  • E. M. Dr. Francisco Baptista de Oliveira
  • E.M. Anacleto José Borges
  • C. E. I. Amélia Seródio Garcia
  • Creche e Pré-Escola Municipal Tia Belinha
  • E.M. Professora Ottília Vieira Campos
  • Escola Municipal Ângela Maria Baptista Souza

[11]

Escolas Estaduais

  • C.E. Governador Roberto Silveira
  • C.E. Padre Mello
  • E.E. Alcinda Lopes Pereira Pinto
  • C.E. Euclides Feliciano Tardin
  • C.E. Sebastião Pimentel Marques
  • E.E. Marcilio Dias
  • C.E. Maria da conceição Pereira Pinto
  • C.E. Luiz Tito de Almeida
  • I.E. Eber Teixeira de Figueiredo

[12]

Escolas Particulares

  • Colégio Santa Rita de Cassia
  • Escola Adventista de Bom Jesus do Itabapoana
  • Centro educacional Batista
  • Colégio Sagrado Coração de Jesus
  • Escola Trenzinho da Alegria
  • Prisma

Ensino Superior

  • FAMESC
  • CEDERJ
  • FAETERJ
  • IFF-Campus Bom Jesus

[13] [14]

Escolas Federais

  • IFF- Campus Bom Jesus

[15]

Religião[editar | editar código-fonte]

As paróquias católicas de Bom Jesus são três: Senhor Bom Jesus e São José (pertencentes a Diocese de Campos), do Senhor Bom Jesus Crucificado e do Imaculado Coração de Maria (da Administração Apostólica São João Maria Vianney). Cada uma delas possui colégios e investe em obras sociais.

As principais igrejas protestantes de Bom Jesus são: Igreja Adventista do 7º Dia, Assembleia de Deus, Igreja Batista, Presbiteriana, Maranata, Metodista Wesleyana, Igreja Metodista e Igreja Esperança e Vida. Possui também um Centro Espírita.

Padre Melo
Parte integrante da história de Bom Jesus é o Padre Antônio Francisco de Mello, que chegou em Bom Jesus do Itabapoana, procedente da Ilha de São Miguel, em Portugal, no ano de 1899. Aqui permaneceu por quase meio século, vindo a falecer no dia 13 de agosto de 1947, em plena festa que ele tanto amava.

Padre zeloso e muito dedicado, vinha de outra civilização, da qual trazia grandes conhecimentos que em muito beneficiaram Bom Jesus. Ensinava, cantava e rezava com o povo, não se descuidava da educação religiosa do seu rebanho; por suas mãos, milhares de batizados e casamentos foram celebrados. Engenheiro, arquiteto, poeta e jornalista, deixou para todo o povo o símbolo do trabalho e o exemplo de dignidade humana. 

Grande conhecedor da língua pátria, dono de rara sensibilidade, deixou vários poemas que são sempre lembrados, especialmente o que de mais perto fala o coração do bonjesuense: "Morrer Sonhando". Entendendo de matemática e engenharia, foi também o remodelador da Igreja Matriz, erguendo uma de suas torres em 1931, conservada até nossos dias e tida como arrojado feito de engenharia.

Tradição[editar | editar código-fonte]

Até hoje, o município de Bom Jesus de Itabapoana conserva quase todos os costumes e tradições dos seus antepassados, oriundos de Minas Gerais. Com a chegada da família Teixeira de Siqueira, procedente de Portugal, por volta do ano de 1780, marcava-se o início das festas do Divino Espírito Santo, em maio de 1863. 

A eles, devemos a tradição da nossa festa. Eles receberam, das mãos da senhora Dona Felicíssima, em 1860, quando para cá vieram, as "Relíquias da Coroa e do Cetro do Divino Espírito Santo", chegadas de Portugal e conservadas, até aquela data, na casa da família, com autorização do Senhor Bispo de Mariana. 

Com as relíquias, receberam da Dona Felicíssima a recomendação de trazê-las para a Fazenda da Barra (Barra do Pirapetinga) e, logo que possível, entregá-las à Igreja do Arraial, para aqui continuarem as devoções tradicionais: "sejam propagadores da devoção ao Divino Espírito Santo, continuem com as orações, novenários, visitas às casas de famílias e a Oratórios".

Obedecendo, os filhos trouxeram as relíquias para fazendo do Comendador Antônio Teixeira Siqueira e continuaram religiosamente a cumprir a devoção, com procissões entre as fazendas. Em cada fazenda, era mantido pela família um oratório onde se realizavam devoções e quaisquer cerimônias religiosas. Um destes, se conserva até hoje com a família do Sr. Ernesto Lumbreiras. Anualmente, eram escolhidos os Provedores da Festa.

Em 1863, estando o menino Pedro Teixeira Reis gravemente enfermo, seus pais, Joaquim Teixeira de Siqueira Reis e Dona Jovita Umbelina Teixeira (descendentes do casal Francisco e dona Felicíssima), prometeram ao Divino Espírito que, se o curasse, vesti-lo a caráter como Imperador do Guarda da Coroa e do Cetro. 

Conseguindo a cura do menino, a promessa foi cumprida, tendo o pai do menino, Joaquim Teixeira de Siqueira Reis, ido comprar a roupa na corte. Lá, adquiriu a febre amarela, que então grassava. Voltou para casa e ainda assistiu à Festa do Divino, mas foi a primeira vítima da febre amarela na região.

Iniciou-se, desde então, a tradição de um Imperador da Guarda da Coroa e do Cedro, que se perpetuou enquanto durou a tradição da Festa do Divino Espírito Santo, isto é, até 1955, quando Jamil Figueiral Ribeiro foi o Imperador.

A tradição da Festa do Divino Espírito Santo foi interrompida em 1956, quando, tendo sido substituído o vigário de Bom Jesus, foi designado para seu lugar um outro Padre, que, discordando da festa, não permitiu mais a sua celebração. Assim, houve uma interrupção de 27 anos, havendo sido revivida a tradição no ano de 1983. Seu Imperador foi o menino Carlowe Vidaurre Nassif.

Sobre esta festa, disse o Vigário de Bom Jesus: "A coroa e o cetro do Divino Espírito Santo constituem as relíquias mais antigas da história e da fé da nossa terra e da nossa gente. Ignorá-las significaria o desconhecimento da força da fé que passa de geração em geração entre todos que temem o Senhor (Lucas I 50-55). Representaria não ser fiel às origens e às verdadeiras tradições da nossa terra e, sobretudo, não respeitar e não amar a nossa gente". Padre Paulo Pedro Seródio Garcia (descendente do casal Teixeira de Siqueira).

Clubes[editar | editar código-fonte]

Associação Atlética Banco do Brasil, mais conhecida pelo acrônimo AABB, é um clube social, recreativo e esportivo dos funcionários do Banco do Brasil.

Bom Jesus Tênis Clube, esportes e lazer.

Olympico Futebol Clube é uma agremiação esportiva, fundada a 23 de março de 1914.

Clubes de Serviço[editar | editar código-fonte]

Lions Clube - Rua República do Líbano, 6, Centro, Bom Jesus do Itabapoana - RJ, 28360-000.

Maçonaria - Loja Maçônica Moreira Guimarães | Rua Doutor Abreu Lima, 98, Centro, Bom Jesus do Itabapoana - RJ, 28360-000 | Telefone:(22) 3831-3294

Rotary Clube - Rua Salim Daruich Tannus, 55, Centro, Bom Jesus do Itabapoana - RJ, 28360-000.

Radiodifusão[editar | editar código-fonte]

O município conta com duas emissoras de rádio legalizadas pelo o Ministério das Comunicações:

Rádio Ultra FM - 104,1 Mhz - Emissora fica localizada na Rua Expedicionário Paulo Moreira - 105 - Sala 302 - 3º Andar - Centro - Bom Jesus do Itabapoana - RJ - Telefone: (22) 3831-4563 Site: www.radioultrafm.com.br Horário de atendimento Segunda a Sexta de 09:00 as 17:00

Rádio Bom Jesus AM 1170 Khz - Emissora fica localizada na Rua Tenente José Teixeira, 147 - 1° Andar - Centro Centro CEP 28360-000 Bom Jesus do Itabapoana - RJ Telefone (22) 3831-1570 Horário de atendimento Segunda a Sexta de 08:00 as 18:00


Empresa Bonjesuense de Comunicações Ltda - ME FM 90,9 Mhz

Filhos ilustres[editar | editar código-fonte]

° Roberto Silveira - político, governador do estado do Rio de Janeiro de 31 de janeiro de 1959 a 28 de fevereiro de 1961.

° Maria Silvia Bastos Marques Executiva. Foi a primeira e única mulher a ocupar a presidência da CSN - Companhia Siderúrgica Nacional[1], a maior siderúrgica integrada da América Latina. Por tal fato ganhou a alcunha de "Dama de Aço".

° Bagder da Silveira - político, irmão de Roberto Silveira, governador do estado do Rio de Janeiro de 31 de janeiro de 1963 a 1.º de maio de 1964

° Eduardo de Freitas Teixeira - Economista, formado em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e Doutor em Economia pela Unicamp. Funcionário de carreira do Banco Central do Brasil1, foi secretário executivo do Ministério da Fazenda, Ministro dos Transportes, das Comunicações do Brasil e Presidente da Petrobras no governo Fernando Collor de Mello.

° David de Mendonça Portes - Empresário e palestrante na área de marketing. Referência para executivos de todo o mundo, David Portes ganhou destaque nas ruas do centro do Rio de Janeiro ao criar irreverentes estratégias de marketing para aumentar as vendas de sua banca de doces e conquistar mais de 5000 clientes cadastrados.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. a b http://www.ibge.gov.br/cidadesat/xtras/csv.php?tabela=sintese&banco=cidadesat&codmun=330060&nomemun=Bom%20Jesus%20do%20Itabapoana
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Página visitada em 29 de Julho de 2013..
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. a b O município. Disponível em http://portal.cnm.org.br/portal1/municipio/historia.asp?iIdMun=100133012. Acesso em 3 de maio de 2014.
  7. http://portal.iff.edu.br/campus/bom-jesus/cursos-oferecidosPortal do IFF. Página visitada em 04 de julho de 2014.
  8. http://faeterjbomjesus.com.br/course/index.php?categoryid=29Faeterj. Página visitada em 04 de julho de 2014.
  9. http://www.famescbji.edu.br/famescbji/Famesc. Página visitada em 04 de julho de 2014.
  10. http://cederj.edu.br/fundacao/fundacao-cecierj-consorcio-cederj/Cederj. Página visitada em 04 de julho de 2014.
  11. http://www.bomjesus.rj.gov.br/secretarias-governo/educacao.htmlPrefeitura Municipal de Bom Jesus. Página visitada em 04 de julho de 2014.
  12. http://aplicacoes.educacao.rj.gov.br/consultaescola/index.aspxGoverno do Rio de Janeiro. Página visitada em 04 de julho de 2014.
  13. http://www.famescbji.edu.br/famescbji/Famesc. Página visitada em 04 de julho de 2014.
  14. http://faeterjbomjesus.com.br/course/index.php?categoryid=29Faeterj. Página visitada em 04 de julho de 2014.
  15. http://www.bomjesus.rj.gov.br/secretarias-governo/educacao.htmlGoverno do Estado do Rio de Janeiro. Página visitada em 04 de julho de 2014.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio de Janeiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]