Bonifácio I da Toscânia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Bonifácio I da Toscânia (? - 823), filho de Adalberto I da Toscânia, foi o primeiro marquês conhecido da Toscânia. Era, segundo se pensa, da Baviera. Reinou por volta de 812 a 813, falecendo em 823. Seu descendente seria o seu filho, Bonifácio II da Toscânia.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Não se sabe o ano de nascimento, mas sabe-se que era um nativo da Baviera, por isso recebeu o cognome de "Da Baviera" quando foi nomeado governador da Itália por Carlos Magno, após a morte do rei Pepino.

Citado como duque, é considerado o primeiro marquês da Toscana, sendo governante de vareis cidades importantes: Pisa, Pistoia, Volterra, Florença, Luni. Tem sido demonstrado nos documentos pela primeira vez em 812.

Relações familiares[editar | editar código-fonte]

Foi filho de Adalberto I da Toscânia (? - 885) e de Rotilda de Espoleto filha de Guido de Espoleto (? - 884) e de Itana de Benevento, filha de Sico de Benevento (758 - 832). Foi casado com Gisela de Arles filha de Teobaldo de Arles (860 - 895) e de Berta de França (863 - 925), filha de Lotário II da Lotaríngia (836 - 869) e de Teutberga de Arles (? - 875), de quem teve:

  1. Bonifácio II da Toscânia (791 - 879), que se tornou Marquês da Toscânia.
  2. Berardo da Ligúria (? - 889), marquês da Ligúria Oriental, ajudou seu irmão na defesa da Córsega.
  3. Richilda da Toscânia, tornou-se abadessa do Mosteiro de São Bento e Escolástica, em Lucca. [1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografa[editar | editar código-fonte]

  • Wickham, Chris. início da Itália Medieval: Poder Central e da sociedade local 400-1000 . MacMillan Press: 1981.

Referências

  1. Marie-Nicolas Bouillet e Alexis Chassang (dir.), Boniface Ier de Toscane, em Dictionnaire universel d’histoire et de géographie, (1878).