Bordetella parapertussis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaBordetella parapertussis
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Reino: Bacteria
Filo: Proteobacteria
Classe: Betaproteobacteria
Ordem: Burkholderiales
Família: Alcaligenaceae
Género: Bordetella
Meyer, 1861
Espécie: B. parapertussis
Nome binomial
Bordetella parapertussis
(Eldering e Kendrick, 1938)
Moreno-López, 1952


A Bordetella parapertussis é uma pequena bactéria gram-negativa do genus Bordetella que está adaptada para colonizar o trato respiratório dos mamíferos.1 A pertússis, causada pela B. parapertussis, se manifesta com sintomas semelhantes à doença derivada da B. pertussis mas tende geralmente a ser menos severa .2 A imunidade derivada da B. pertussis não protege contra infecção pela B. parapertussis, entretanto, porque o antígeno O só é encontrado na B. parapertussis. Este antígeno protege a B. parapertussis contra anticorpos específicos à B. pertussis, então a bactéria fica livre para colonizar os pulmões do hospedeiro sem estar sujeita ao ataque prévio de anticorpos. Estas descobertas sugerem que a B. parapertussis evoluiu numa população hospedeira que já tinha desenvolvido imunidade à B. pertussis, onde capaz de fugir da imunidade da B. pertussis encontrou uma vantagem.3

Duas linhagens de B. parapertussis tem sido descritas. A primeira afeta humanos e é responsável por uma minoria de casos da doença pertússis (também conhecida como coqueluche).4 A segunda linhagem, ovina, causa pneumonia não-crônica progressiva em carneiros.5 Ambas as linhagens são pensadas de terem evoluído de uma ancestral aparentada, a B. bronchiseptica.6 Esta doença pode ser sintomática ou assintomática e pode predispor os hospedeiros à uma infecção secundária.7

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Ryan KJ; Ray CG (editors). Sherris Medical Microbiology. 4th ed. [S.l.]: McGraw Hill, 2004. ISBN 0838585299
  2. Heininger U, Stehr K, Schmitt-Grohé S, Lorenz C, Rost R, Christenson P, Uberall M, Cherry J. (1994). "Clinical characteristics of illness caused by Bordetella parapertussis compared with illness caused by Bordetella pertussis". Pediatr Infect Dis J 13 (4): 306–9. DOI:10.1097/00006454-199404000-00011. PMID 8036048.
  3. Wolfe D, Goebel E, Bjornstad O, Restif O, Harvil E. (2007). "The O Antigen Enables Bordetella parapertussis To Avoid Bordetella pertussis-Induced Immunity". Infection and Immunity 75 (10): 4972–9. DOI:10.1128/IAI.00763-07. PMID 17698566.
  4. Cherry J. (1996). "Historical review of pertussis and the classical vaccine". J Infect Dis 174 Suppl 3: S259–63. PMID 8896526.
  5. Porter J, Connor K, Donachie W. (1994). "Isolation and characterization of Bordetella parapertussis-like bacteria from ovine lungs". Microbiology 140 ( Pt 2): 255–61. PMID 8180690.
  6. van der Zee A, Mooi F, Van Embden J, Musser J. (1997). "Molecular evolution and host adaptation of Bordetella spp.: phylogenetic analysis using multilocus enzyme electrophoresis and typing with three insertion sequences". J Bacteriol 179 (21): 6609–17. PMID 9352907.
  7. Porter J, Connor K, Krueger N, Hodgson J, Donachie W. (1995). "Predisposition of specific pathogen-free lambs to Pasteurella haemolytica pneumonia by Bordetella parapertussis infection". J Comp Pathol 112 (4): 381–9. DOI:10.1016/S0021-9975(05)80019-2. PMID 7593760.