Born to Raise Hell

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Born to Raise Hell"
Single de Motörhead
do álbum Bastards
Lado B Born to Raise Hell (Edição para as rádios)/Born to Raise Hell (Dust Bother Live and Funky Mix)
Lançamento 1994
Formato(s) CD
Gravação Versão do álbum gravada em 1993 em A & M Studios
Prime Time Studios
Hollywood, California, E.U.A
Gênero(s) Heavy metal
Duração 4:56
Gravadora(s) Arista/Fox Records
Composição Lemmy Kilmister
Produção Howard Benson
Cronologia de singles de Motörhead
Último
Último
"Don't Let Daddy Kiss Me"
(1993)
"God Save the Queen"
(2000)
Próximo
Próximo

"Born to Raise Hell" é uma canção da banda de heavy metal inglesa Motörhead. Originalmente escrita por Lemmy para a banda alemã Skew Siskin, a canção aparece na abertura do filme Airheads.

Foi lançada como um single em 1994, apresentando Lemmy, Ice T e Whitfield Crane. O single conta com uma "Edição para as rádios"', a versão original do álbum Bastards e um mix intitulado 'Dust Brothers Live and Funky Mix'. Uma versão especial em vinil de 12 polegadas foi lançada, usando a mesma imagem utilizada na versão em CD.[1]

Esta versão foi gravada durante as gravações de "Hellraiser" e "Hell on Earth", como um trabalho de última hora para servir de música de fundo para os créditos do filme Hellraiser III: Hell on Earth, porém ela não fora listada no álbum original de músicas do filme.[2]

Faixas do single[editar | editar código-fonte]

Canção por Lemmy

  1. "Born to Raise Hell (Edição parar as rádios)" - 4:02
  2. "Born to Raise Hell (Versão do álbum)" - 4:56
  3. "Born to Raise Hell (Dust Bother Live and Funky Mix)" - 3:52

Créditos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Burridge, Alan Illustrated Collector's Guide to Motörhead Publcado em: 1995, Collector's Guide Publishing ISBN 0-9695736-2-6.
  2. Kilmister, Ian Fraser e Garza, Janiss White Line Fever (2002) — Simon & Schuster pp.258 e 262-263. ISBN 0-684-85868-1.