Bossy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Bossy"
Single de Lindsay Lohan
Lançamento 27 de maio de 2008
Formato(s) Download digital
Gênero(s) Electropop, dance-pop
Duração 4:11
Gravadora(s) Motown Records
Composição Shaffer "Ne-Yo" Smith, Mikkel Storleer Eriksen, Tor Erik Hermansen
Produção Stargate
Cronologia de singles de Lindsay Lohan
Último
Último
"I Live for the Day"
(2006)
Próximo
Próximo
Amostra de áudio
informação do ficheiro · ajuda

"Bossy" é uma canção da artista americana Lindsay Lohan. A faixa foi escrita por Shaffer Smith, conhecido pelo seu nome artístico Ne-Yo, enquanto que a escrita e produção adicional da canção foi feita por Stargate, pelos membros Mikkel Storleer Eriksen e Tor Erik Hermansen. Depois de vazamento online no início de maio de 2008, a Universal Motown lançou oficialmente a canção para os meios de comunicação, enquanto o seu single digital foi lançado em 27 de maio de 2008. A obra atrai a influência dos gêneros musicais electropop e dance-pop; é sobre uma mulher que está forte o suficiente para conseguir o que quer quando quer. "Bossy" atingiu geralmente uma mista recepção da crítica após a liberação. Os críticos elogiaram a atitude da canção, mas a consideraram menos atrativa do que suas canções anteriores. "Bossy" atingiu a 77.ª posição na Canadian Hot 100, e se tornou a única música de Lohan a alcançar o número um na parada Hot Dance Club Songs dos Estados Unidos.

Antecedentes e composição[editar | editar código-fonte]

"Bossy" foi escrita por Shaffer Smith, conhecido pelo seu nome artístico Ne-Yo, enquanto que a escrita e produção adicional da canção foi feita por Stargate, pelos membros Mikkel Storleer Eriksen e Tor Erik Hermansen.[1] No início de maio de 2008, um clipe da canção vazou no YouTube. Como resultado, a Universal Motown lançou a música completa para a imprensa em 7 de maio de 2008.[2] Em entrevista à revista Billboard, Ne-Yo revelou que ele foi abordado pela gravadora para escrever uma canção para Lohan: "Tenho que admitir, nós éramos como... Lindsay Lohan? Quer dizer, eu tenho escrito para Beyoncé, Mary J. Blige, Rihanna, Celine Dion e ... Lindsay Lohan? Mas eu vou dizer isso; demos-lhe um registro de qualidade e ela fez um trabalho ridiculamente fabuloso. Fiquei tão chocado que eu tive que ligar para ela e pedir desculpas pelo que eu estava pensando, porque ela fez tão bem. Acho que o mundo vai se surpreender."[3] Em entrevista à revista People, ele revelou a canção: "é basicamente sobre a mulher, um ser forte o suficiente para conseguir o que quer quando quer. Neste caso, 'Bossy' é um termo que descreve confiança e poder."[1] "Bossy" foi lançada digitalmente em 27 de maio de 2008,[4] e é definida para aparecer no terceiro álbum de estúdio de Lohan.[1]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

"Bossy" recebeu opiniões mistas dos críticos de música. Um revisor da Billboard disse "a faixa destaca um lado dominador da cantora de voz rouca enquanto ela rima sobre gostar de coisas à sua maneira sobre uma simples bateria",[2] enquanto Nick Levine do Digital Spy considerou "Bossy" como uma "[canção] electro-dance-pop com atitude",[5] mas comentou que "não é pop de ouro - o refrão falta um pouco de glamour e os vocais de Lohan ainda não são convincentes - mas é a primeira vez que estaria preparado para ouvir mais uma vez a melodia de Lohan. Que, supomos, é suficiente para constituir um pequeno passo à frente."[5] Kate Brandli do Blogcritics disse "'Bossy' não é tão boa ou tão cativante como as tentativas musicais anteriores da senhorita Lohan",[6] ao comentar o seu conteúdo lírico "é um reflexo óbvio em relação a senhorita Lohan com os paparazzi. Como a senhorita Lohan canta na letra, ela faz o que quer, ela controla-los, e não vice-versa. Infelizmente, a lógica da senhorita Lohan não é inteiramente correta - nenhuma das partes tem a autoridade contrária de um patrão. Isto é, infelizmente, o preço da fama nos dias de hoje - uma vez que as pessoas querem, eles querem ter acesso total e exposição. Com algumas artimanhas individuais, como a senhorita Lohan e Britney Spears, é difícil conquistar simpatia por eles".[6]

Faixas e formatos[editar | editar código-fonte]

A versão digital de "Bossy" possui apenas uma faixa com duração de quatro minutos e onze segundos.[7]

Download digital[7]
N.º Título Duração
1. "Bossy"   4:11

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

"Bossy" chegou no número 77 na Canadian Hot 100,[8] e se tornou a primeira música de Lohan de sua carreira inteira a alcançar o número um na parada Billboard Club Play Hot Dance dos Estados Unidos.[9] A canção também conseguiu atingir o pico em Hot Canadian Digital Singles e na parada Global Dance Tracks.[10] [11]

Posições[editar | editar código-fonte]

Parada Musical (2008) Melhor
posição
 Canadá (Canadian Hot 100)[8] 77
 Estados Unidos (Hot Dance Club Play)[9] 1
 Ucrânia (FDR Dance)[12] 12

Créditos de elaboração[editar | editar código-fonte]

Lista-se abaixo os profissionais envolvidos na elaboração de "Bossy", de acordo com a nota divulgada pela revista People:[1]

Referências

  1. a b c d Laudadio, Marisa; Herndon, Jessica (7 de maio de 2007). Listen to Lindsay Lohan's New Song 'Bossy' People Magazine. Time Inc. Página visitada em 29 de agosto de 2011.
  2. a b Lindsay Lohan Gets 'Bossy' On New Track Billboard. Prometheus Global Media.
  3. Ne-Yo Says Lindsay Lohan Track Will 'Surprise' Billboard. Prometheus Global Media (8 de maio de 2008). Página visitada em 29 de agosto de 2011.
  4. Amazon.com: Bossy: Lindsay Lohan: MP3 Downloads Amazon.com. Staples Inc (27 de maio de 2008). Página visitada em 29 de agosto de 2011.
  5. a b Levine, Nick (29 de maio de 2008). Lindsay Lohan gets 'Bossy' Digital Spy. Digital Spy Ltd. Página visitada em 29 de agosto de 2011.
  6. a b Brandli, Kate (25 de junho de 2008). Lindsay Lohan Hits The Studio Blogcritics. Technorati, Inc. Página visitada em 29 de agoto de 2011.
  7. a b Bossy - Single by Lindsay Lohan iTunes Store. Apple Inc (27 de maio de 2008). Página visitada em 29 de agosto de 2011.
  8. a b Lindsay Lohan - Bossy - Music Charts Billboard. aCharts (Week 24, 2008). Página visitada em 29 de agosto de 2011.
  9. a b Chart Beat: Britney Spears, Beyonce, Labelle, Jennifer Hudson, Bob Dylan, Lindsay Lohan Billboard. Prometheus Global Media. Página visitada em 29 de agosto de 2011.
  10. Hot Canadian Digital Singles — Subscription Required Billboard. Prometheus Global Media (14 de junho de 2008). Página visitada em 8 de setembro de 2011.
  11. Global Dance Tracks — Subscription Required Billboard. Prometheus Global Media (8 de novembro de 2008). Página visitada em 8 de setembro de 2011.
  12. Ukrainian Chart FDR (2009-05-10). Página visitada em 2010-07-13.