Bourrée

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bourrée

Bourrée é uma dança de origem francesa comum na província de Auvérnia e Biscaia na Espanha do século XVII.[1] É dançada com dois tempos rápidos, de alguma forma semelhante a gavotte. A forma musical também foi usada por alguns compositores, normalmente como um movimento dançante em uma suíte, mas também como peças independentes. A dança sobrevive até os dias de hoje na Auvérnia e tem sido exportada com sucesso para o Reino Unido e outros países.

Marguarida de Navarra, irmã de Carlos IX, introduziu a dança na corte francesa, onde foi uma dança comum até o reinado de Luís XIII.

Frédéric Chopin compôs duas bourrées para o piano. Johann Sebastian Bach escreveu duas pequenas bourrées para o Caderno de Anna Magdalena Bach e o seu contemporêneo Händel escreveu diversas em sonatas para música de câmara. O compositor vitoriano e inglês, Sir Hubert Parry incluiu duas bourrées na suíte Lady Radnor em 1894.

O bourrée é também um passo de dança para o ballet consistindo de um rápido movimento com os pés enquanto os pés estão em pointe ou demi-pointe. O pas-de-bourrée consiste em inclinar-se com ambas as pernas, estendendo uma, depois aproximar-se duas vezes para frente e uma para trás e terminando com os joelhos inclinados.[1]

Referências

  1. a b : Teoria do ballet Gestos Ballet.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]