Boys and Girls (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Boys and Girls"
Single de Pixie Lott
do álbum Turn It Up
Lado B "If I Changed"
Lançamento 2 de setembro de 2009
Formato(s)
Gênero(s) Pop
Duração 3:04
Gravadora(s) Mercury
Composição
Produção
  • Mads Hauge
  • Phil Thornalley
Cronologia de singles de Pixie Lott
Último
Último
"Mama Do (Uh Oh, Uh Oh)"
(2009)
"Cry Me Out"
(2009)
Próximo
Próximo

"Boys and Girls" é uma canção da artista musical inglesa Pixie Lott contida no seu álbum de estreia, Turn It Up (2009). Composta por Lott, Mads Hauge e Phil Thornalley, com produção pelos dois últimos, foi distribuída ilegalmente na internet em 2008. Após o ocorrido, recebeu um tratamento na sua elaboração pelo coprodutor Fraser T. Smith, que considerava sua musicalidade excessivamente retrô. O trabalho resultou numa faixa de música pop com elementos de dance music e funk cujas letras são sobre festejar. A música recebeu em sua maioria críticas positivas, com redatores da mídia especializada elogiando sua elaboração e a evolução do material da cantora.

"Boys and Girls" foi lançada como o segundo single do disco em 2 de setembro de 2009. Atingiu o topo da tabela musical britânica, a UK Singles Chart, após marcar o maior salto ao cume da lista ao ir do número setenta e três ao primeiro dentro de uma semana. O fato veio a ser registrado no livro de recordes mundiais Guinness. No Reino Unido, foi uma das cem composições mais comercializadas de 2009. Na Irlanda, alcançou o quarto lugar da compilação Irish Singles Chart e permanece com o melhor desempenho de Lott no país. A trajetória da canção na Europa, impulsionada por vendas digitais, fez com que a obra entrasse na classificação continental European Hot 100 na sua décima posição. Na Austrália, a música ficou na sexagésima sétima colocação do gráfico publicado pela Australian Recording Industry Association (ARIA).

Seu vídeo acompanhante foi dirigido por Diane Martel e mostra cenas da cantora fazendo coreografia em uma festa. Apresentações ao vivo de "Boys and Girls" ocorreram em aparições televisivas e festivais musicais. Na primeira turnê de Lott, a Crazy Cats Tour, a canção foi incluída como o número final do espetáculo. A canção também faz parte da trilha sonora do filme Beastly (2010).

Antecedentes e estrutura musical[editar | editar código-fonte]

"Boys and Girls" (2009)
Demonstração de trinta segundos de "Boys and Girls" para sua letra e melodia. A canção, cujo tema é festejar, é do gênero pop com elementos de dance music e funk numa instrumentação variada.

Problemas para escutar este arquivo? Veja introdução à mídia.

"Boys and Girls" foi composta pela artista musical inglesa Pixie Lott e ambos os produtores da canção, Mads Hauge e Phil Thornalley, durante sessões do desenvolvimento do álbum de estreia de Lott, Turn It Up.[1] A faixa apareceu na internet ilegalmente em 2008[2] e após o ocorrido, recebeu um tratamento na sua produção. Joe Kentish, A&R do disco, notou que uma elaboração mais direcionada às pistas de dança e rádios deveria ser feita, portanto contratou o coprodutor Fraser T. Smith para trabalhar na melhoria da obra. O profissional recebeu as partes da música, mas pensou que elas eram retrô demais, e assim, elaborou uma musicalidade mais contemporânea e que chamasse atenção: adicionou uma execução de bateria mais forte para acompanhar a voz da intérprete.[3]

A instrumentação de "Boys and Girls" consiste da execução de saxofone, trompete, fliscorne, pandeireta, baixo e bateria, e de acordo com Fraser McAlpine, do blog musical da BBC: "O refrão é de uma única nota e, sustentado de uma harmônica, tocado ao som [...] de três acordes."[2] [4] Mesmo após ser retrabalhada, Nick Levine, do portal Digital Spy, notou que a canção contém a mistura do retrô com o moderno.[5] Segundo a partitura publicada pela Sony/ATV Music Publishing, a música é composta na tonalidade de ré maior, com a voz de Lott indo da nota baixa de até a alta de , e possui um metrônomo de cento e trinta batidas por minuto.[6] Derivada do gênero de música pop, a faixa contém elementos de dance music e funk, que resultaram na sua produção dançante e alegre.[5] [4] Suas letras são a respeito de festejar, cuja intensidade é demonstrada no verso "Uma boa batida nunca mata ninguém"[nota 1] .[5]

Recepção crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
BBC 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg[2]
Digital Spy 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg[5]

"Boys and Girls" recebeu em sua maioria críticas positivas. Levine, do Digital Spy, notou na música uma evolução no material de Lott desde o lançamento de "Mama Do (Uh Oh, Uh Oh)", vindo a elogiar sua produção dançante e a interpretação transmitida pela cantora, a qual foi considerada "agradável" para a canção.[5] McAlpine, da BBC, concordou com Levine pela musicalidade da obra e o destaque em relação ao primeiro single da cantora.[2] Sarah-Louise James, do jornal Daily Star, foi igualmente positiva ao comentar as batidas "frescas" e a identidade da inglesa contida na faixa.[4] Porém, Pete Cashmore, do The Guardian, foi mais negativo, observando uma fraqueza na composição ao todo.[7]

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

"Boys and Girls" fez sua estreia nas tabelas musicais na Irlanda, onde ficou no número 45 da Irish Singles Chart na data de 3 de setembro de 2009,[8] vindo a alcançar a quarta posição do gráfico e permanecendo como a melhor de Lott no país.[9] No Reino Unido, atingiu o número 75 da UK Singles Chart em sua publicação no dia 6 seguinte.[10] Uma semana após, a canção alcançou o topo da lista com 49.623 cópias vendidas e se tornando o segundo single número um consecutivo da cantora depois de "Mama Do (Uh Oh, Uh Oh)".[11] [12] Em sua edição de 2011, o livro de recordes mundiais Guinness viria a marcar este desempenho da faixa como o maior salto de todos ao cume da classificação britânica.[13] No relatório mensal divulgado pela British Phonographic Industry (BPI) em setembro de 2009, a música ficou no seu sétimo posto após 111.634 edições comercializadas naquele período, das quais 96.6% foram devido a downloads digitais.[14] Em julho de 2013, "Boys and Girls" foi certificada como disco de prata pela British Phonographic Industry (BPI).[15]

Na Bélgica, conseguiu listar-se nas duas versões da classificação Ultratip, que calcula as vendas digitais mais a audiência em rádios das obras que compila:[16] a de Flandres, na terceira colocação, e a da Valônia, na décima oitava.[17] Em território dinamarquês, o single desempenhou-se na trigésima nona situação da compilação Hitlisten.[18] Através dos periódicos da Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPI), a composição obteve seu pico no vigésimo sétimo lugar da República Checa, enquanto na Escócia, no vigésimo oitavo.[19] [20] O resultado comercial de "Boys and Girls" na Europa, que incluiu vendas digitais, levou a canção a entrar na tabela continental European Hot 100 em sua décima posição.[21] Na Oceania, a faixa alcançou o número 67 na lista australiana da Australian Recording Industry Association (ARIA).[22] De acordo com a empresa Official Charts Company (OCC), a composição foi a septuagésima sétima mais vendida no Reino Unido no ano de 2009.[23] Em março de 2014, "Boys and Girls" havia vendido 20 mil cópias digitais nos Estados Unidos com base em dados divulgados pela Nielsen SoundScan.[24]

Vídeo musical[editar | editar código-fonte]

O vídeo acompanhante à "Boys and Girls" foi dirigido por Diane Martel no início de julho de 2009.[25] [26] A gravação consiste de Lott fazendo coreografias em uma festa. A artista veio comentar sobre a importância da dança no vídeo para sua imagem:

"É incomum para um artista britânico cantar e dançar, mas se você for uma estrela pop, é importante fazer de tudo."[26]

Apresentações ao vivo e divulgação[editar | editar código-fonte]

Como parte da divulgação do Turn It Up, Lott fez apresentações de "Boys and Girls" em severas ocasiões. Em 2009, ela cantou a faixa ao registro MTV Push, que é transmitido para filiais da rede transmissora em outras nações do globo.[27] [28] No dia 23 de maio de 2010, a cantora compareceu ao festival Radio 1's Big Weekend na cidade galesa de Bangor, onde fez uma sessão ao vivo da música.[29] Em 13 de novembro seguinte, a rede Independent Television transmitiu um concerto gravado em um palco para o especial One Night Stand with Pixie Lott, no qual Lott executou faixas do seu álbum de estreia como "Boys and Girls".[30] [31] No último bimestre de 2010, a artista embarcou na sua primeira turnê musical, a Crazy Cats Tour, na qual interpretou a obra como o número final dos espetáculos apresentados.[32]

"Boys and Girls" foi também incluída na trilha sonora do filme Beastly (2010).[33]

Listas de faixas e formatos[editar | editar código-fonte]

"Boys and Girls" foi inicialmente lançada através de download digital pela Mercury Records em 2 de setembro de 2009.[34] No mesmo formato, a canção foi comercializada em um extended play (EP) que inclui sua edição original mais três remixes.[35] Após cinco dias, foi distribuída em uma versão física (CD single) contendo além do single, o lado B "If I Changed".[36]

Download digital[34]
N.º Título Duração
1. "Boys and Girls"   3:04

Créditos de elaboração[editar | editar código-fonte]

Lista-se abaixo os profissionais envolvidos no desenvolvimento de "Boys and Girls" e seu lado B, "If I Changed":[37]

Notas

  1. No original: A good beat never hurt no-one.

Referências

  1. a b "Boys and Girls": Work ID: 323258257 (em inglês). American Society of Composers, Authors and Publishers. Página visitada em 23 de maio de 2012.
  2. a b c d McAlpine, Fraser (5 de setembro de 2009). Pixie Lott - 'Boys And Girls' (em inglês). BBC. Página visitada em 23 de maio de 2012.
  3. Bouwman, Kimbel (22 de março). Interview with FRASER T SMITH (em inglês). HitQuarters. Página visitada em 24 de dezembro de 2011.
  4. a b c James, Sarah-Louise (7 de setembro de 2009). Single - Pixie Lott: Boys N Girls (em inglês). Daily Star. Página visitada em 24 de maio de 2012.
  5. a b c d e Levine, Nick (22 de agosto de 2009). Pixie Lott: 'Boys And Girls' (em inglês). Digital Spy. Página visitada em 23 de maio de 2012.
  6. Pixie Lott - Boys and Girls Sheet Music (Digital Download) (em inglês). Musicnotes, Inc. Sony/ATV Music Publishing. Página visitada em 2 de junho de 2012.
  7. Cashmore, Pete (5 de setembro de 2009). Pete Cashmore's new releases review (em inglês). The Guardian. Página visitada em 24 de maio de 2012.
  8. Ireland Singles Top 50 (September 3, 2009) (em inglês). aCharts.us. Página visitada em 25 de maio de 2012.
  9. irish-charts.com - Pixie Lott (em inglês). irish-charts.com. Hung Medien. Página visitada em 25 de maio de 2012.
  10. UK Singles Top 75 (September 6, 2009) (em inglês). aCharts.us. Página visitada em 24 de maio de 2012.
  11. UK Singles Top 75 (September 13, 2009) (em inglês). aCharts.us. Página visitada em 24 de maio de 2012.
  12. Jones, Alan (12 de setembro de 2011). Pixie Lott tops the singles chart (em inglês). Music Week. Página visitada em 12 de setembro de 2011.
  13. Copsey, Robert (16 de setembro de 2010). Lady GaGa, Pixie Lott set world records (em inglês). Digital Spy. Página visitada em 9 de setembro de 2011.
  14. Top 20 Singles: September 2009 (pdf) (em inglês). British Phonographic Industry (Setembro de 2009). Cópia arquivada em 24 de maio de 2012.
  15. BPI: Certified Awards (em inglês). British Phonographic Industry. Busca por "Pixie Lott" na seção "Search by parameters" com a opção "Artist" marcada em "Search by". Página visitada em 23 de fevereiro de 2013.
  16. ultratop.be - Ultratop Belgian Charts (em inglês). Ultratop. Hung Medien. Página visitada em 25 de maio de 2012.
  17. ultratop.be - Pixie Lott - Boys & Girls (em neerlandês). Ultratop. Hung Medien. Página visitada em 25 de maio de 2012.
  18. danishcharts.com - Pixie Lott - Boys & Girls (em inglês). danishcharts.com. Hung Medien. Página visitada em 25 de maio de 2012.
  19. RADIO TOP100 Oficiální - Pixie Lott - Boys and Girls (em checo). International Federation of the Phonographic Industry. Página visitada em 20 de junho de 2011.
  20. RADIO TOP100 Oficiálna - Pixie Lott - Boys and Girls (em eslovaco). International Federation of the Phonographic Industry. Página visitada em 20 de junho de 2011.
  21. (26 de setembro de 2009) "Hits of the World (Sep 26, 2009): European Hot 100" (em inglês). Billboard 121 (38): 56 pp.. Nielsen Business Media, Inc. ISSN 0006-2510. Página visitada em 7 de abril de 2012.
  22. ARIA Top 100 Singles – Week Commencing 16th November 2009 (pdf) (em inglês). Australian Recording Industry Association (16 de novembro de 2009). Página visitada em 20 de junho de 2011.
  23. UK Year-End Charts 2009 (pdf) (em inglês). ChartsPlus. The Official Charts Company. Página visitada em 20 de junho de 2011.
  24. Lipshutz, Jason (27 de março de 2014). Pixie Lott Talks New Self-Titled Album, 'Fuller' Live Show (em inglês). Billboard. Prometheus Global Media. Cópia arquivada em 20 de junho de 2014.
  25. Pixie Lott’s Boys And Girls by Diane Martel (em inglês). PromoNews (14 de agosto de 2009). Página visitada em 4 de junho de 2012.
  26. a b Lester, Paul (27 de agosto de 2009). Pixie Lott's diary: 'After the single hit No 1, it went crazy' (em inglês). The Guardian. Página visitada em 4 de junho de 2012.
  27. Cry Me Out (MTV Session) - MTV UK (em inglês). MTV (United Kingdom). Página visitada em 26 de novembro de 2011.
  28. Pesquisar - MTV Portugal. MTV (Portugal). Cópia arquivada em 26 de novembro de 2011.
  29. Radio 1's Big Weekend 2010 - Pixie Lott (em inglês). BBC Radio 1. Página visitada em 10 de dezembro de 2011.
  30. Medeiros, Kavad (14 de novembro de 2010). Pixie Lott faz mini show para televisão inglesa. PopLine. MTV Brasil (UOL). Página visitada em 24 de novembro de 2011.
  31. One Night Stand (em inglês). Independent Television (11 de novembro de 2010). Página visitada em 24 de novembro de 2011.
  32. Gig review: Pixie Lott (em inglês). The Scotsman (27 de novembro de 2010). Cópia arquivada em 28 de setembro de 2011.
  33. Beastly (2011) - Cast and Credits - Yahoo! Movies (em inglês). Yahoo! Movies. Página visitada em 20 de agosto de 2011.
  34. a b "Boys and Girls" - Single (em inglês). iTunes Store (Apple, Inc.). Página visitada em 23 de maio de 2012.
  35. a b "Boys & Girls" (Remix Bundle) - EP (em inglês). iTunes Store (Apple, Inc.). Página visitada em 23 de maio de 2012.
  36. a b Boys & Girls: Pixie Lott (em inglês). Amazon.co.uk. Página visitada em 23 de maio de 2012.
  37. a b Créditos do álbum Boys and Girls por Pixie Lott. Mercury Records (2714871).