Braai

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Um típico braai, num pequeno braai stand

O braai (abreviatura de braaivleis, "carne grelhada" em africânder) é um evento que consiste na confeção de carne grelhada, como evento social.

Começou por ser uma tradição social entre os africânders da África Austral, apesar desta tradição já se ter alargado a sul-africanos de todas as origens étnicas.1 Um braai é um evento social, e como tal tem normas específicas, por exemplo: as mulheres raramente grelham a carne. Esta tarefa cabe normalmente aos homens, que se juntam em volta do grelhador, ou braseiro (braaistand, ou apenas braai) para grelhar a carne, enquanto as mulheres preparam as saladas e sobremesas.

Composição[editar | editar código-fonte]

Na composição de um braai entram diversos tipos de carnes:

  • Boerewors (salsicha fresca)
  • Drywors (chouriço ou linguiça)
  • Sosaties (espetadas)
  • Biltong (carne seca)
  • Spare-ribs (costelinhas)
  • T-bones (costeletas)
  • Chicken drumsticks (coxinhas de frango)
  • Chuck (cachaço, jarrete ou cupim)
  • Hamburgers
  • Ox-tail (rabo de boi ou rabada)

Para além de carne de boi ou porco, podem igualmente ser consumidas carnes de borrego ou cabrito, avestruz, pintada; de facto qualquer tipo de carne serve, dado que o braai é um acontecimento social que gira em torno de uma refeição.

Referências

  1. Fran Osseo-Asare. Food Culture in Sub-Saharan Africa. [S.l.]: Greenwood Publishing Group, 2005. 81 p. ISBN 0-313-32488-3

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre a África do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.