Brachycephalus ephippium

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaBrachycephalus ephippium
Brachycephalus ephippium02.jpg

Estado de conservação
Status iucn3.1 LC pt.svg
Pouco preocupante (IUCN 3.1)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Amphibia
Ordem: Anura
Família: Brachycephalidae
Género: Brachycephalus
Espécie: B. ephippium
Nome binomial
Brachycephalus ephippium
(Spix, 1824)
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Brachycephalus ephippium

Brachycephalus ephippium é uma espécie de anfíbio da família Brachycephalidae.

Está ameaçada por perda de habitat.

É endémica do Brasil.

Características[editar | editar código-fonte]

É um sapo de pequeno porte, mendindo entre 1,25 cm a 1,97 cm, podendo ser alaranjado ou amarelo-cromo, apenas dois dedos funcionais na mão e três artelhoss no pé. Caminham lentamente de modo característico, dificilmente pulam, possuem a cor vistosa, o que pode estar associado à presença de substância tóxica na pele, semelhante a tetrodotoxina, que possivelmente tem função defensiva contra predadores. A dieta dos adultos consiste de pequenos artrópodes, principalmente integrantes da ordem Collembola, mas também incluindo ácaros e larvas de insetos.

Habitats[editar | editar código-fonte]

Os seus habitats naturais são: florestas subtropicais ou tropicais húmidas de baixa altitude e regiões subtropicais ou tropicais húmidas de alta altitude. São bastante abundantes na Mata Atlântica da Serra do Mar e da Mantiqueira, na região de Campinas é encontrado em áreas florestais dos planaltos, em altitude superior a 1000m. Ocorre desde a Bahia até o Paraná.

Hábitos[editar | editar código-fonte]

O Brachycephalus ephippium pode ser observado tanto durante o dia quanto a noite, andando no chão da mata ou em bromélias. Possui hábitos diurnos, e às vezes são encontrados em grupos, em manhãs ensolaradas, depois de fortes chuvas de verão.

Reprodução[editar | editar código-fonte]

A época da reprodução começa na estação das chuvas. Os machos vocalizam sobre a serrapilheira.A desova é terrestre, composta de poucos ovos despigmentados e ricos em reserva nutritiva, vitelo. Os ovos são colocados em pequenas cavidades no solo, sob folhas secas, e recobertos por detritos ou terra.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre anfíbios é um esboço relacionado ao Projeto Anfíbios e Répteis. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Brachycephalus ephippium