Brainiac (Smallville)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brainiac
Personagem de Smallville
James Marsters DragonCon 2007-1.jpg
Origem Alienígena
Sexo Masculino
Actividade(s) Membros da Legião de Super-Heróis
Família Dax-Ur (designer)
Jor-El (criador)
Criado por Otto Binder)
Al Plastino
Primeira aparição "Commencement"
Episódio(s) 25
Interpretado por James Marsters
IMDb IMDb
Projecto Televisão  · Portal Televisão

Sistema Cerebral Interativo, ou apenas Brainiac, é um personagem fictício da série de televisão Smallville interpretado por James Marsters. O personagem Brainiac foi primeiramente criado para os quadrinhos por Otto Binder e Al Plastino, em 1958.

Envolvimento na série[editar | editar código-fonte]

Na quinta temporada de Smallville, Brainiac é introduzido como um vilão recorrente da série. Ele se apresenta como o professor universitário Milton Fine. O nome Brainiac não é usado, apesar de Jor-El ter se referido a ele no final da quinta temporada, como um Construto de Cérebro Inter-Ativo (que, em inglês, pode ser abreviado para "BrainIAC" - Brain InterActive Construct). A interpretação de Brainiac em Smalville como uma inteligência artificial oriunda do planeta Krypton é similar a usada nos desenhos animados Superman: A série, Liga da Justiça e Liga da Justiça Ilimitada: um computador consciente e dominado pela própria arrogância. Ele não possui mas pode duplicar poderes kryptonianos, sendo imune à kryptonita; mas talvez precise de uma recarga periódica. Brainiac consegue se conectar a muitas tecnologias diferentes. Fisicamente, ele é composto de um cristal negro borbulhante, que pode ser visto quando cria cópias de si mesmo, as quais ele opera de qualquer lugar na Terra. E é provavel que a nave negra kryptoniana que aparece seja a sua verdadeira forma. E que Milton Fine e seus clones, sejam meras criações para agir no planeta. Brainiac perde a habilidade de se clonar no fim da quinta temporada.

Ainda na quinta temporada, Clark começa a sofrer de delírios paranóicos de desilusão com seus parentes e familiares, achando que conspiram contra ele. Na verdade ele está contaminado por uma kryptonita prateada, criada por Brainiac.

Em outro episódio, Brainiac, disfarçado de Milton Fine, emprega Clark Kent como assistente de pesquisas. Ele diz a Clark que vai escrever um livro sobre as falcatruas da LuthorCorp. Mas sua verdadeira intenção é libertar o General Zod da Zona Fantasma. Fine consegue enganar Clark usando suas habilidades para imitar poderes e se passar por um kryptoniano. Depois ele ataca a mãe adotiva do herói, Martha, fazendo com ela seja levada para a Fortaleza da Solidão. Ao chegar lá, Brainiac trai Clark e abre o portal para libertar Zod, mas Clark o impede.

Depois Lex e Clark seguem a nave de Brainiac até Honduras. Neste episódio são revelados quatro cópias do professor Fine. Brainiac engana Luthor, que acha que ele é um agente que lhe conta sobre uma suposta invasão estrangeira e ambos formam uma aliança.

Na sexta temporada, Zod consegue possuir Lex e usa o poder da nave negra presa dentro de um disco hexagonal, para começar a transformar a Terra em Krypton. Clark destrói o disco usando sua visão de calor.

Na sétima temporada, Brainiac encontra e manipula Bizarro. Os dois vão atrás do cientista kryptoniano Dax-Ur que agora vive na Terra, e que inventou o robô vilão. Com ele Brainac consegue consertar seu corpo. Logo a seguir ele encontra Kara, pelo qual demonstra interesse. Atacando Lana Lang, Brainiac consegue convencer Kara a viajar com ele para o espaço. A intenção da viagem é retornar ao passado de Krypton, quando então o vilão tentará matar o Clark criança.

Em outro episódio, Brainiac é detido por Clark com a ajuda da Legião - três alienígenas com super-poderes e aparência de adolescentes - que vieram do futuro. No final, eles levam uma esférica metálica com a essência de Brainiac para a sua época, numa referência à origem do personagem dos quadrinhos, Brainiac 5.