Brandon Iron

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brandon Iron.

Brandon Iron (14 de julho de 1968, Alberta Canadá)[1] é um ator e diretor pornográfico canadense.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Ator[editar | editar código-fonte]

O primeiro filme de Iron foi Ashley Nicole chamado Bonfire of the Panties em 1991, todavia ele não começou a se dedicar inteiramente aos filmes até 1997.[1]

Produtor e Diretor[editar | editar código-fonte]

Iron é criador de duas vídeo franquias de sadomasoquismo, Slap Happy e I Love it Rough.

Iron dirigiu diversos filmes para a Platinum X Pictures, uma companhia ligado a Red Light District Video.[2] Sua linha de filmes Gonzo incluem filmes como Baker's Dozen, Intensities in 10 Cities, A Good Source of Iron, I Love it Rough, Photographic Mammaries, Ten Little Piggies e 50 to 1. Em alguns dos seus trabalhos mais antigos, ele assinava como "Brandon Irons" ou "Alek James Hidell".[3] O último nome era um codinome de Lee Harvey Oswald.

Desde novembro de 2007 os filmes da Brandon Iron Productions são distribuídos pela JM Productions.[4] Iron é um dos co-proprietários da Ironwood Productions com o seu colega Mark Wood.[5]

Filmes[editar | editar código-fonte]

Slap Happy[editar | editar código-fonte]

Slap Happy é uma série de filmes sadomasoquistas, criado e dirigido por Iron e distribuído pela Extreme Associates. As cenas são filmadas em estilo gonzo e apresentam dominação masculina. Iron é ator solo em todas as cenas. Todas as cenas apresentam Iron e uma outra atriz realizando sexo oral. Iron geralmente segura a cabeça da atriz e força o pênis em irrumatio enquanto a estapeia e a agride verbalmente continuadamente. Em certas cenas, a mulher vomita durante a relação. Iron originalmente ofereceu a série para 34 companhias diferentes até a Rob Black of Extreme Associates aceitar distribuí-la.[5]

Iron alega que quando a Rob Black pediu que ele dirigisse Slap Happy 5 a conpnhia não havia pago a ele por nenhum dos filmes anteriores.[6] Consequentemente ele rompeu com a empresa. Iron também afirma que a companhia por varias vezes emitiu cheques sustados, sendo que os pagamentos sempre atrasavam.[6] Ele também critica a informação no site da Extreme que Jewel De'Nyle teria cometido incesto com seu pai, alem de acrescentar que a empresa não paga seus tributes ao governo.[6]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Vencidos[editar | editar código-fonte]

Indicações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b About Brandon pornstarnetwork.com. Visitado em 2009-05-16.
  2. Anne Winter (2007-08-22). Red Light District XBIZ. Visitado em 2009-04-26.
  3. [1]
  4. Brandon Iron Joins JM Productions XBIZ. Visitado em 2009-03-30.
  5. a b rogreviews.com
  6. a b c Steve C (2002-08-03). 13 QUESTIONS with SLAP HAPPY CREATOR, BRANDON IRON foundrymusic.com. Visitado em 2009-04-26.
  7. AVN Awards Past Winners AVN.com. Visitado em 2007-08-08.
  8. Previous Winners and Noms - 2002 & Before X-Rated Critics Organization. Visitado em 2008-10-17.
  9. XRCO XRCO.com. Visitado em 2007-08-08.
  10. Yearly Winners & Noms X-Rated Critics Organization. Visitado em 2008-10-17.
  11. 2008 AVN AWARDS WINNERS ANNOUNCED AVN. Visitado em 2009-03-12.
  12. 2005 AVN AWARDS NOMINATIONS AVN Awards. Visitado em 2007-11-05. Cópia arquivada em 2004-11-14.
  13. 2005 AVN Awards Nominations (PDF) AVN.com. Visitado em 2007-08-08.
  14. Jared Rutter (2006-11-22). 2007 AVN Awards Nominations Announced AVN.com. Visitado em 2007-08-06.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Brandon Iron