Brasão de Paris

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brasão de Paris

O Brasão de Paris, na sua forma atual, data de 1358, quando o rei Carlos V dotou-a com flor-de-lis (parte superior, que é da França antiga).

História[editar | editar código-fonte]

O brasão de armas da cidade de Paris data de 1111, quando o rei Carlos I oficialmente se instalou. No brasão de armas, o navio representado é o símbolo do poderoso corpo societário dos Marchands de l'eau, que remonta à Idade Média. O lema da cidade, "Fluctuat nec mergitur" ("É sacudida pelas ondas, mas não afunda") é igualmente uma referência para este barco.[1]

Descrição[editar | editar código-fonte]

Seu brasão é: De gules a nave equipada e vestida de argente flutuando sobre as ondas do mesmo movendo a ponta, o chefe de azure semeado de flores-de-lis de ouro.

Uso atual[editar | editar código-fonte]

  • Pode ser encontrado em muitas instalações públicas em Paris, incluindo o Hôtel de ville, as prefeituras dos arrondissements, as Estações Parisienses, pontes, escolas e faculdades em Paris, as fontes Wallace, as colunas Morris e outros mobiliários urbanos em Paris.
  • É também usado como estilizado no logo da Prefeitura de Paris, que é encontrado em muitas exposições municipais, em vários veículos da cidade, na paredes das caixas de iluminação pública, etc.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. ""..

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • "".