Breakthrough Prize in Life Sciences

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Breakthrough Prize in Life Sciences
Descrição Pesquisa destinada à cura de doenças intratáveis e para prolongar a vida humana.
País  Estados Unidos
Primeira cerimónia 20 de fevereiro de 2013
Página oficial

O Breakthrough Prize in Life Sciences (BPLS - Prêmio Rompendo Fronteiras em Ciências da Vida) é um prêmio fundado por Arthur Levinson da Apple, Sergey Brin do Google, Mark Zuckerberg e sua esposa Priscilla Chan do Facebook, e Anne Wojcicki e Yuri Milner da 23andMe, em reconhecimento a pesquisas de excelência para a cura de doenças atualmente sem tratamento adequado e para o prolongamento da vida humana.

Os fundadores responsáveis pela parte financeira do prêmio incluem Sergey Brin e Anne Wojcicki, Mark Zuckerberg, Priscilla Chan, e Yuri Milner, que decidiram coletivamente estabelecer até 6 prêmios anuais de US$ 3 milhões cada um. No seu ano de estabelecimento, 2013, foram concedidos 11 prêmios, totalizando 33 milhões de dólares. Estes 11 primeiros laureados, assim como os laureados por eles indicados, constituem o comitê avaliador do BPLS.[1]

Laureados em 2013[editar | editar código-fonte]

Ano N.º Imagem Nome País Citação
2013 1 Replace this image male.png Cornelia Bargmann  Estados Unidos Pela genética dos circuitos neurais e seu comportamento, e moléculas sinápticas.
2 Plos botstein.jpg David Botstein  Estados Unidos Por ligar o mapeamento da doença mendeliana em humanos usando polimorfismos do DNA.
3 Replace this image male.png Lewis Cantley  Estados Unidos Pela descoberta do PI 3-Kinase e seu papel no metabolismo do câncer.
4 Replace this image male.png Hans Clevers  Países Baixos Por descrever o papel do WNT sinalizando no tecido de células-tronco e câncer.
5 Replace this image male.png Titia de Lange  Países Baixos Por pesquisar os telômeros, iluminando como eles protegem o final do cromossomo e seu papel na instabilidade do genoma.
6 Replace this image male.png Napoleone Ferrara  Itália,  Estados Unidos Por descobertas sobre os mecanismos da angiogênese que levou a terapias para o câncer e doenças ópticas.
7 Dr Eric Lander, Director of the Broad Institute of MIT and Harvard.jpg Eric Lander  Estados Unidos Pela descoberta de princípios gerais de identificação de genomas de doença humana, possibilitando sua aplicação no mapeamento genético, físico e sequencial do genoma humano.
8 Charles Sawyers.jpg Charles Sawyers  Estados Unidos Por genomas cancerígenos e terapia-alvo.
9 Replace this image male.png Bert Vogelstein  Estados Unidos Por genomas cancerígenos e genes supressores tumorais.
10 Replace this image male.png Robert Allan Weinberg  Estados Unidos Pela caracterização de genes humanos cancerígenos.
11 Shinya Yamanaka, 20130224.jpg Shinya Yamanaka  Japão Por induzir células-tronco pluripotentes.

Laureados em 2014[editar | editar código-fonte]

Ano N.º Imagem Nome País Citação
2014 12 Replace this image male.png James Patrick Allison  Estados Unidos
13 Replace this image male.png Mahlon DeLong  Estados Unidos
14 Michael N Hall.jpg Michael Nip Hall  Estados Unidos
15 Robert Langer.jpg Robert Langer  Estados Unidos
16 Replace this image male.png Richard Priestley Lifton  Estados Unidos
17 Replace this image male.png Alexander Varshavsky  Rússia,  Estados Unidos

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.