Breda Rio Transportes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Breda Transportes e Turismo Rio
Breda Rio.png
Slogan "A sua companhia de viagem"
Tipo Privada
Fundação 1959
Sede Brasil Brasil
Produtos Transporte receptivo e fretamento.
Página oficial http://www.bredario.com.br/

Breda Rio é uma empresa brasileira de transporte de turismo e fretamento da cidade do Rio de Janeiro. Hoje ela tem como especialidade o turismo receptivo e fretamento de diversas empresas localizadas no Estado do Rio de Janeiro, com grande concentração no COMPERJ.

História[editar | editar código-fonte]

Fundada em 1959 no setor de turismo inicialmente em São Paulo, e no Rio de Janeiro se consagrou como uma das mais antigas operadora de turismo da cidade. A empresa, na condição de vendida em 1990 para família do grupo Constantino, a sua filial do Rio não foi vinculada e dá início então a mais uma separação da corporação Breda pelo Brasil, a Breda Rio Transportes e Turismo Rio, tal como tinha sido foi antes com as filiais Breda em Sorocaba e a da Bahia(extinta), todas com administrações distintas num processo parecido.

Inovações de Sucesso[editar | editar código-fonte]

Logo em seus primeiros anos, a primazia pela qualidade e exclusividade foram marcas da empresa. Muitas inovações de sucesso, algumas outras, imperceptíveis aos passageiros, a deixa destacada nacionalmente. Destas podemos destacar a chegada do primeiro ônibus urbano com ar-condicionado do Brasil, a primeira no uso de piso tipo taraflex anti-derrapantes, vistas eletrônicas e telefonia celular a bordo até 1997. A Breda Rio, sempre diferente, rompia a tradição dos uniformes em tom azul claro dos rodoviários, agora brancos e com gravatas no estilo chamavam a atenção. Foi também pioneira no Estado do RJ ter ônibus com piso baixo em 1998, entre outros detalhes que só ela trazia. Fora as raridades despercebidas e únicas nacionalmente como o 2° chassi L-113 produzido pela Scania e os dois últimos ônibus legítimos da Ciferal, produzidos antes da aquisição pela Marcopolo onde trazia um dos primeiros Marcopolo Viale do Brasil no mesmo ano. Outro caso foi o exemplo da maciça compra de mais de 60 Marcopolo Torino 1999 com chassis Mercedes Benz OF-1418 em única leva cujos chassis leves substituíram em totalidade chassis pesados, como Scania L-113 e F-113, Volvo B10M EDC, em 2004 e padronizava a frota. A mudança drástica iniciadas de uma só vez gerou alguns transtornos aos passageiros numa possível redução de custos, mas ainda sim, tais carros com um toque de design especial.

Time de futebol[editar | editar código-fonte]

A empresa possui um time de futebol, amador, que participa da Liga de Desportos de Nova Iguaçu[1] , e que enfrentou o Clube de Regatas Vasco da Gama uma vez, perdendo por apenas 1 x 0.[2]

Referências

  1. Fut7 (07/09/2013). Campeonato Iguaçuano volta com força total!. Visitado em 25/09/2014. Cópia arquivada em 25/09/2014.
  2. Globo Esporte (04/10/2005). Time amador que parou o Vasco é eliminado. Visitado em 21/09/2014. Cópia arquivada em 25/09/2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]