Bridges to Babylon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bridges to Babylon
Álbum de estúdio de The Rolling Stones
Lançamento 23 de setembro de 1997[1]
Gênero(s) Hard rock[1]
Rock and roll[1]
Duração 61:20[1]
Formato(s) CD, CS, LP
Gravadora(s) Virgin Records
Produção Don Was e The Glimmer Twins com Rob Fraboni, Danny Saber, Pierre de Beauport e The Dust Brothers
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de The Rolling Stones
Último
Último
Voodoo Lounge
(1994)
A Bigger Bang
(2005)
Próximo
Próximo
Singles de Bridges to Babylon
  1. "Anybody Seen My Baby?"
    Lançamento: 22 de setembro de 1997
  2. "Saint of Me"
    Lançamento: 26 de janeiro de 1998
  3. "Out of Control"
    Lançamento: novembro de 1998

Bridges to Babylon é o vigésimo primeiro álbum de estúdio da banda The Rolling Stones, lançado em 1997.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as músicas por Mick Jagger e Keith Richards, exceto onde anotado.

  1. "Flip the Switch" – 3:28
  2. "Anybody Seen My Baby?" (Mick Jagger/Keith Richards/k.d. Lang/Ben Mink) – 4:31
  3. "Low Down" - 4:26
  4. "Already Over Me" – 5:24
  5. "Gunface" – 5:02
  6. "You Don't Have to Mean It" – 3:44
  7. "Out of Control" – 4:43
  8. "Saint of Me" – 5:14
  9. "Might as Well Get Juiced" – 5:23
  10. "Always Suffering" – 4:43
  11. "Too Tight" - 3:33
  12. "Thief in the Night" (Mick Jagger/Keith Richards/Pierre de Beauport) – 5:15
  13. "How Can I Stop?" – 6:53

Paradas[editar | editar código-fonte]

Ano Parada Posição[2]
1997 Billboard 200 3
Top Canadian Albums 2

Créditos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d Lançamento e género Allmusic. Visitado em 7 de abril de 2010.
  2. Paradas - Álbum Allmusic. Visitado em 7 de abril de 2010.


Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de The Rolling Stones é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.