Brinco-de-princesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaBrinco-de-princesa
Fuchsia hybrida

Fuchsia hybrida
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Myrtales
Família: Onagraceae
Género: Fuchsia
Espécie: F. hybrida
Nome binomial
Fuchsia hybrida
hort. ex Siebert & Voss

O brinco-de-princesa é uma espécie híbrida obtida a partir de espécies sul americanas, principalmente Fuchsia corymbiflora Ruiz. & Pav., Fuchsia fulgens Moc. & Ses. e Fuchsia magellanica Lam.

Flor símbolo do Rio Grande do Sul, é uma planta que faz um enorme sucesso internacional. Possui muitas variedades, sendo que tanto pétalas, quanto sépalas podem ser de cores e de formas diferentes. As cores mais comuns são vermelho, rosa, azul, violeta e branco, com diversas combinações, sem mesclas. A ramagem é pendente, mas pode haver variações, com plantas mais eretas e outras mais pendentes.

Outros nomes populares: lágrima, agrado, fúcsia.

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • Lorenzi, Harri e Moreira de Souza, Hermes: Plantas ornamentais no Brasil: arbustivas, herbáceas e trepadeiras. Instituto Plantarum, Nova Odessa, 2001, 3a. edição. ISBN 85-86714-12-7

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre rosídeas, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.