Buffyverso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Buffyverse, também chamado de Buffyverso em português, é o nome do universo ficcional mostrado na série de TV americana de sucesso, Buffy - A Caça-Vampiros, e também em seu spin-off Angel. O termo foi originalmente concebido pelos fãs da série, antes de se tornar oficial e ser usado em trabalhos derivados dos programas televisivos, e também antes de ser adotado por Joss Whedon, o criador deste universo. O Buffyverso é um mundo onde forças e criaturas sobrenaturais existem, e o mal sobre-humano é frequentemente combatido.

A construção do Buffyverso[editar | editar código-fonte]

O Buffyverso foi criado aos poucos por centenas de histórias individuais contadas através da TV, de livros, histórias em quadrinhos e outras mídias. Começou nos primeiros episódios da série Buffy, em 1997 e foi se expandindo no spin-off, Angel, em 1999. Fora da televisão, o Buffyverso foi expandido e elaborado por vários outros autores no chamado Universo Expandido do Buffyverso. Os livros, video-games e as vastas histórias em quadrinhos do mundo de Buffy são licenciados pela 20th Century Fox, mas são em geral considerados não tão compatíveis com as séries televisivas originais. Os autores são geralmente livres para contar suas próprias histórias passadas dentro do mundo de Buffy, e podem ou não manter uma continuidade com as séries televisivas da caça-vampiros. Diferente de outros universos fictícios expandidos, como o de Star Wars, que utiliza elementos que se encaixam certamente no trabalho original, o Buffyverso falha na continuidade nas diferentes mídias em que aparece. Os inúmeros livros de Buffy se contradizem com os quadrinhos, e os autores da série televisiva não tem obrigação de usar a continuidade estabelecida pelo Universo Expandido, ou de contradizê-los. Os trabalhos algumas vezes mostram as origens dos personagens não contadas da televisão, como por exemplo Go Ask Malice, que conta a história da personagem Faith Lehane, uma caça-vampiros sombria interpretada por Eliza Dushku. Os quadrinhos de Buffy foram originalmente publicados pela Dark Horse Comics, que tem o direito permanente de produzi-los da personagem e de suas aventuras. A IDW Publishing possui a licença sobre as aventuras que Angel protagoniza. Joss Whedon deu início a uma série de oito edições para a Dark Horse intitulada Fray, sobre uma futurística caçadora de vampiros. Sua última edição foi publicada em agosto de 2003. A Pocket Books possui direitos sobre os livros do Buffyverso, mas a licença sobre o personagem Angel se expirou em 2004. O Buffyverso inspirou várias produções não oficiais de Buffy - A Caça-Vampiros. Vários roteiros para filmes foram divulgados na internet, e paródias adultas da série, mas nenhum desses é licenciado pela Fox.

Cronologia[editar | editar código-fonte]


Características do Buffyverso[editar | editar código-fonte]

Em vários meios este mundo é diferente do nosso. Vários elementos do sobrenatural são no mundo de Buffy encontrados, embora a origem humana é seja a mesma do nosso mundo. Alguns aspectos do Buffyverso mostrados.

Os Antigos[editar | editar código-fonte]

Conta-se que o mundo era originalmente comandado por demônios de puro-sangue poderosos, os Antigos. Criaturas imensas eventualmente expulsas desta dimensão. Qualquer um que tenha permanecido foi vencido ou aprisionado no "Bem Mais Profundo", uma passagem na Terra onde a entrada é uma árvore, na Inglaterra. Esses grandes demônios são reverenciados por espécies inferiores.

Os Vampiros[editar | editar código-fonte]

De acordo com a lenda do mundo de Buffy, o Antigo que sobrou sugou um humano, e este teve seu sangue misturado. Um demônio foi introduzido num corpo humano no lugar na sua alma. Então o ser híbrido foi mordendo outro e mais outro até que a raça vampírica nasceu. Alguns elementos mitológicos são lembrados, enquanto outros abandonados. Alguns aspectos são listados a seguir são as regras essenciais da vida de um vampiro.

Eles podem ser mortos com

  • Estaca de madeira no coração
  • Exposição intensa sob a luz solar (apenas na dimensão da Terra)
  • Exposição intensa ao fogo
  • Decapitação
  • Água-benta (ingestão)
  • Elementos místicos (algum amuleto que canalize a luz solar)

Vulneráveis a

  • Exposição à água-benta
  • Contato físico com um crucifixo cristão
  • Exposição limitada e alta a luz solar e ao fogo
  • Facilmente possuídos por outras criaturas sobrenaturais ou encantamentos
  • Almas podem ser restauradas por feitiços ciganos, o que causa arrependimento e dor
  • Encantamentos, que os afetam ainda mais que a humanos
  • Chips implantados no cérebro podem lhes causar emoções ou comportamento humano (como Spike)

Outros

  • Não podem entrar na casa de alguém sem serem convidados
  • Vampiros viram pó imediatamente após serem mortos
  • Não possuem reflexo, embora Angel possa ser visto assim no final da abertura de sua série televisiva
  • Força sobre-humana, sentidos aguçados e super velocidade
  • Não possuem alma, se não a tiverem restaurada com um encantamento cigano, como o que ouve com Angel e mais tarde Spike
  • Não podem ter filhos, exceto o que Angel e Darla tiveram, Connor, o que é considerado um milagre
  • Balas não matam vampiros, mas causam neles dor extrema
  • O Alho os repele, mas Buffy só é vista com dentes-de-alho apenas em dois episódios da série
  • Podem ser tranquilizados
  • Podem se intoxicar com sangue drogado ou por consumirem álcool.
  • Profecias antigas podem desmentir algumas dessas regras, e mágica ou anéis místicos podem torná-los intangíveis a luz do Sol.

Lobisomens[editar | editar código-fonte]

No universo de Buffy, os lobisomens são mostrados como pessoas que possuem licantropia. O lobisomem aparece como um ser que possui um lado muito selvagem e outro dócil, e como ele pode conciliar ambos. Algumas dessas criaturas mostram a habilidade de controlar seu lado monstruoso.

Demônios[editar | editar código-fonte]

No Buffyverso, o demônio é inexato. Foi-se aplicado apenas a toda criatura que não seja um robô, um deus, um humano modificado ou um animal. Existem milhares de tipos de demônios, vistos tanto na série Buffy quanto em Angel. Alguns vivem para se reproduzir na Terra, outros vem de fora do planeta, são extra-dimensionais, criaturas que antes foram humanas, ou híbridos. Eles também podem adquirir aparência humana, já que são filhos de ambas as partes. As criaturas do tipo que andam sobre a Terra não são completamente puras, apenas os verdadeiros possuem o puro-sangue e são imensas, como os Antigos. Dentre os demônios vistos em Buffy, aparecem os que são realmente maus, mas alguns não vivem apenas para causar o sofrimento ou a morte.

Caçadoras[editar | editar código-fonte]

Um grupo de sacerdotes utilizaram a essência de um demônio para criar a Caçadora Primitiva, banida de sua aldeia e obrigada a caçar seus vampiros sozinha. Quando ela morreu, outra foi acionada em seu lugar. A linhagem se seguiu por séculos e foi mantida até certo momento do vigésimo primeiro. A Caçadora foi concebida com a força, reflexos aguçados e outras habilidas, além de saber manipular armas e dominar Artes Marciais.

Sentinelas[editar | editar código-fonte]

O Sentinela é o guia da caça-vampiros, e geralmente possui grande conhecimento sobre demônios, vampiros e outras forças sobrenaturais.

Lutadores[editar | editar código-fonte]

Enquanto a maioria dos seres humanos não são cientes da existência do sobrenatural, outros grupos ou organizações agem por si próprios, e são revelados no decorrer de Buffy e Angel. Por exemplo, um grupo de jovens socialmente desfavorecidos quem agem em confronto com vampiros em Los Angeles, e organizações secretas militares como a poderosa Iniciativa.

Magia[editar | editar código-fonte]

A mágica no Buffyverso pode ser controlada de várias maneiras. Encantamentos podem ser feitos por qualquer um com o uso de itens mágicos e ditados em línguas distintas. Os Bruxos e bruxas mostrados na série Buffy também possuem uma vasta quantidade de poder e conhecimento, e podem usá-los para seus propósitos. Uma bruxa pode fazer parte de uma cadeia familiar, onde os poderes passam de pai para filho ou adquirir poderes por si própria, não necessariamente fazendo parte dessa linhagem. Também não são obrigatoriamente humanos.

Humanos com poderes[editar | editar código-fonte]

Algumas pessoas podem nascer com poderes originados da simples paranormalidade, como telecinésia, poderes psíquicos, vidência ou manipulação da eletricidade. Alguns, mesmo sendo humanos, possuem habilidades vampíricas por serem frutos de uma relação entre dois vampiros, ou adquirir habilidades através de fatores externos, como invisibilidade, gerada através do esquecimento sofrido pela pessoa.

Tecnologia[editar | editar código-fonte]

No mundo de Buffy, a tecnologia é mais avançada, embora algumas aplicações não venham do conhecimento comum, ou de algo que faça algum sentido científico. Alguns exemplos podem incluir:

  • Cópias perfeitas de seres humanos, como o Buffybô, e o robô Ted, ou andróides originais, como April.
  • Seres mecânicos habitados por demônios, como Moloch.
  • Substâncias químicas também envoltas no sobrenatural que geram super-força.

Também são mostradas outros aspectos tecnológicos gerados ou mixados ao sobrenatural, como na Iniciativa ou na firma demôniaca da Wolfram and Hart.

Dimensões Paralelas[editar | editar código-fonte]

No Buffyverso são apresentadas algumas versões alternadas da "normal". Algumas delas

  • Mundo do Desejo - Quando Cordelia Chase desejou que Buffy nunca houvesse ido para Sunnydale, ela criou, ou foi levada a um mundo onde o caos reina e os vampiros tomam conta de tudo e de todos no local, numa dimensão conhecida como o Wishverse. Neste mundo, o Mestre havia ascendido e tomado de conta de toda Sunnydale, transformando várias pessoas em servos vampíricos, entre eles, Xander e Willow.
  • Mundo da Alucinação - Também vemos uma realidade onde Buffy jamais saiu do hospício onde foi internada, logo no início, quando soube que era uma Escolhida. Buffy não possuía amigos, nem uma irmã, e todas as criaturas que ela havia enfrentado todos aqueles anos jamais haviam existido nesse mundo, conhecido como Allucination World.

Dimensões infernais[editar | editar código-fonte]

Nessas dimensões o tempo transcorre de forma não proporcional à nossa. Alguns deles

  • Pylea - Uma cidade localizada numa dimensão infernal onde humanos eram escravizados por demônios.
  • Mundo de Acathla - Uma visão tradicional do inferno, para onde o vampiro Angelus queria enviar o mundo, e para onde foi mandado por Buffy, passando por milhares de anos de tortura.
  • Quor'toth - Considerado o "mais negro dos mundos", aberto por Sahjhan para que Daniel Holtz pulasse com o bebê Connor. Lá, Holtz criou Connor por 16 anos, tendo Connor voltado para a Terra já adolescente.