Bujica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde novembro de 2010). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Bujica
Informações pessoais
Nome completo Marcelo Ribeiro
Data de nasc. 21 de janeiro de 1969 (45 anos)
Local de nasc. Cachoeiro de Itapemirim (ES),  Brasil
Altura 1,77 m
Apelido Bujica
Informações profissionais
Posição ex-Atacante e ex-técnico
Clubes de juventude
1983-1989 Brasil Flamengo
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1989-1990
1990-1992
1993
1993
1993
1994
1994
1995
1995
1995
1996-1997
1997
1998
1998
1998-1999
1999
2000
2000
2001
2002
2003-2004
2004
Brasil Flamengo
Brasil Botafogo
Brasil America
Brasil Ceará
Brasil Fortaleza
Brasil Inter de Limeira
Portugal Campomaiorense
Brasil Mixto
Brasil Operário-MT
Brasil Bahia
Brasil Operário-MT
Peru Alianza Lima
Brasil Sinop
Bolívia Guabirá
El Salvador Deportivo Águila
Equador LDU
El Salvador Deportivo Águila
Grécia Pelotas
Veria
Brasil Alegrense
Brasil Cachoeiro
Brasil Estrela do Norte
16 (3)
17 (5)
1 (0)
10 (3)
9 (1)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 3 de março de 2010.


Marcelo Ribeiro, mais conhecido como Bujica capixaba de(Cachoeiro de Itapemirim, 21 de Janeiro de 1969),[1] é um ex-futebolista brasileiro.

Defendeu o CR Flamengo entre 1989 e 1990 e fez 11 gols em 47 jogos, onde obteve 27 vitórias, 10 empates e 10 derrotas..

O nome de Bujica entrou para a história do futebol no dia 5 de novembro de 1989, quando Vasco e Flamengo se enfretaram pelo Campeonato Brasileiro. Porém, antes mesmo da bola rolar, todos já sabiam que aquele não seria um jogo qualquer, visto que marcava a estréia de Bebeto, ex-ídolo do Fla, com a camisa do Vasco. Além disso, na semana anterior ao jogo, os empolgados vascaínos, que vinham muito bem na competição, ao contrário do rival rubro-negro, cantavam uma vitória por goleada.

Então, veio o jogo e o resultado foi 2x0 para o Flamengo, com dois de Bujica. Herdeiro da posição deixada por Bebeto no Flamengo, o até então desconhecido atacante passou à condição de ídolo rubro-negro, recebendo a alcunha de O c açador de marajás, em clara alusão a Bebeto.

Outro momento a ser lembrado na carreira de Bujica é o fato de ter participado da despedida de Zico, quando o Flamengo goleou o Fluminense por 5x0. Bujica fez 1 gol nessa partida.

Bujica também chegou a jogar no Botafogo, mas depois, aos poucos, foi retornando ao anonimato.

Referências

  1. Bujica Eu Sou Flamengo. Visitado em 15 de novembro de 2010.
Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.