Bye Bye Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Bye Bye Brazil)
Ir para: navegação, pesquisa
Bye Bye Brasil
 Brasil
1979 • cor • 105 min 
Direção Carlos Diegues
Produção Luiz Carlos Barreto e
Lucy Barreto
Roteiro Carlos Diegues
Leopoldo Serran
Elenco José Wilker
Bety Faria
Fábio Júnior
Zaira Zambelli
Jofre Soares
Género Comédia
Idioma Português
Música Chico Buarque, Roberto Menescal e Dominguinhos
Direção de arte Anísio Medeiros
Cinematografia Lauro Escorel
Edição Mair Tavares
Estúdio Carnaval Unifilm / Gaumont / Aries Cinematográfica Argentina
Distribuição Embrafilme
Página no IMDb (em inglês)

Bye Bye Brasil é um filme brasileiro de 1979, uma comédia dirigida por Carlos Diegues e considerada por muitos como uma das mais importantes produções da década de 70.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Salomé, Lorde Cigano e Andorinha são três artistas mambembes que cruzam o país com a Caravana Rolidei, fazendo espetáculos para o setor mais humilde da população brasileira e que ainda não tem acesso à televisão. A eles se juntam o acordeonista Ciço e sua esposa, Dasdô, com os quais a Caravana cruza a Amazônia pela rodovia Transamazônica até chegar a Altamira.[1]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

  • Bye Bye Brasil” (Chico Buarque de Hollanda e Roberto Menescal) - interpretada por Chico Buarque[2]
  • “Toada de Ciço - Forró da Feira” (Dominguinhos) - interpretada por Fábio Júnior
  • “Pra Cima, Pra Baixo” (The Fevers) - interpretada por The Fevers
  • “Radinho de Pilha” (Genival Lacerda) - interpretada por Genival Lacerda
  • “White Christmas” (Irving Berlin) - interpretada por Bing Crosby
  • “Para Vigo Me Voy (Say sí sí)” (Ernesto Lecuona, Al Stillman, e Lubon) - interpretada por Xavier Cugat
  • “Duerme” (Miguel Prado) - interpretada por Xavier Cugat
  • “Aquarela Amazonense” (Chico da Silva e Venâncio) - interpretada por Chico da Silva e Venâncio
  • “Depois da Chuva” (Pinduca e Deuza) - interpretada por Pinduca e Deuza
  • “Surucuá” (Pinduca e Carlos Santos) - interpretada por Pinduca e Carlos Santos
  • “Aquarela do Brasil” (Ari Barroso)- interpretada por Ari Barroso

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Festival de Cannes 1980 (França)

Festival de Havana 1980 (Cuba)

  • Venceu na categoria de Melhor Diretor.
  • Ganhou o Prêmio Coral Especial de Gênero de Ficção.

Referências

  1. Bye Bye Brasil - Site Oficial de Carlos Diegues. Página visitada em 12 de maio de 2013.
  2. [1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o