Câmara Americana de Comércio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção necessita de referências de fontes secundárias fiáveis publicadas por terceiros (desde março de 2010).
Por favor, melhore-o, incluindo referências mais apropriadas vindas de fontes fiáveis e independentes.
Fontes primárias, ou que possuem conflito de interesse geralmente não são suficientes para se escrever um artigo em uma enciclopédia.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

A Amcham Brasil (American Chamber of Commerce) ou Câmara Americana de Comércio é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos, que reúne cerca de 5.000 sócios entre pequenas, médias e grandes empresas. Com sede em São Paulo, a Amcham está presente também, através de unidades regionais, em Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Campo Grande, Curitiba, Goiânia, Joinville, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Uberlândia e Salvador.[1]

Fundada em 1919, é a segunda maior câmara americana de comércio do mundo e a maior fora dos Estados Unidos. Tem como missão servir seus associados influenciando construtivamente políticas públicas no Brasil e nos Estados Unidos, promovendo o comércio, o investimento e a cidadania empresarial. As empresas associadas atuam em todas as áreas da economia e empregam 1,6 milhões de trabalhadores. Do total de companhias sócias, 80% são brasileiras, 13% americanas e o restante de outras nacionalidades.

Cidadania empresarial[editar | editar código-fonte]

A atuação da Amcham nunca se limitou à esfera dos negócios. A cidadania empresarial figurou desde cedo entre suas preocupações. Em 1920 fundava a Graded School. Em 1944, ajudou a criar a Escola de Administração da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo. Em 1965, deu início a uma série de seminários sobre métodos gerenciais para estudantes universitários, que se prolongou por 15 anos.

Em 1978, foi criado o Amcham International Fellowship Program, que oferecia bolsas de estudo integrais de mestrado para jovens executivos qualificados. Até meados da década de 1990 mais de cem brasileiros participaram do programa e, ao retornar ao País, puderam colocar a serviço de suas empresas e do Brasil as mais modernas técnicas de gerenciamento.

O Prêmio Eco, que reconhece projetos meritórios de cidadania empresarial nas áreas de saúde, educação, meio ambiente, participação comunitária e cultura e atuação empresarial sustentável, foi criado pela Amcham em 1982.

Em 1991, a Amcham criou o Instituto Qualidade no Ensino (IQE), que desenvolve em escolas da rede pública um método capaz de melhorar o aprendizado de Português e Matemática.

História[editar | editar código-fonte]

O estatuto da Amcham foi rascunhado em 23 de julho de 1919, por 18 empresários americanos e brasileiros reunidos em um restaurante do centro de São Paulo. O documento previa a associação de todas as empresas que compartilhassem o interesse da Amcham no desenvolvimento do comércio entre os Estados Unidos e o Brasil. O pequeno grupo das fundadoras incluía as empresas General Electric, Singer Sewing Machine Company, Mackenzie College, Citibank e a Brazil Land and Cattle Packing Company.[2]

De uma das primeiras listas de associados da Amcham, publicada no Bulletin de setembro de 1920, constavam 87 empresas situadas em 25 logradouros do Centro paulistano e em duas ruas dos bairros do Ipiranga e do Belém. Na época, a maior distância entre as sedes de quaisquer duas dessas empresas era de quatro quilômetros.

Amcham no Mundo[editar | editar código-fonte]

A expansão das Câmaras Americanas no mundo se deu durante o período de paz que os Estados Unidos viveram entre a guerra contra a Espanha, em 1898, da qual resultou a independência de Cuba, e a entrada do país na Primeira Guerra Mundial, em 1917. Foi no contexto da guerra, por sinal, que a Grã-Bretanha deixou de ser o maior fornecedor internacional do mercado brasileiro. Seu lugar foi assumido pelos Estados Unidos, que, como maiores importadores de café, eram desde o século anterior o principal mercado de exportação do Brasil.

Os investimentos refletiram esse movimento. Entre 1914 e 1930, as inversões inglesas cresceram lentamente, enquanto as americanas multiplicaram-se várias vezes. Quando a guerra terminou, em 1918, companhias americanas como a United States Steel Products, Armour do Brasil e Standard Oil eram algumas das que já se haviam estabelecido no País. A Ford Motor Company montou seu primeiro modelo T em 1919, num galpão da Praça da República, Centro de São Paulo.[2]

Amcham Leadership Program[editar | editar código-fonte]

A Amcham Brasil é uma das empresas pioneiras na formação de jovens High Potentials. Durante 15 anos o antigo Programa de Trainees formou mais de 1.000 jovens executivos que hoje ocupam posições de destaque no ambiente empresarial nacional e internacional.[3]

Em 2007, o programa foi reformulado e iniciou-se o 1º Amcham Leadership Program, um programa de maior extensão onde são desenvolvidas habilidades fundamentais para o competitivo mundo dos negócios.

Este programa consiste em uma experiência única nas áreas comercial, relacionamento com clientes, gestão de produtos e desenvolvimento de projetos. Através de treinamentos intensivos em vendas, neurolinguística, negociação, liderança, entre outros, o universitário é preparado nas habilidades e competências reconhecidas e desejadas pelo mercado.

Comércio Internacional[editar | editar código-fonte]

Aumentar a participação brasileira nos fluxos internacionais de comércio é um dos principais desafios para o país. A Amcham, uma das principais interlocutoras do setor privado brasileiro junto ao empresariado e governo americanos, assessora seus membros através de uma série de serviços de capacitação, adaptação de produtos às necessidades do mercado americano, pesquisas, estudos, missões comerciais, seminários e rodadas de negócios.

A grande prioridade da área de Comércio Internacional da Amcham é ajudar a incrementar os fluxos de comércio entre seus associados e os EUA e outros grandes mercados globais.[4]

Referências

  1. Amcham Brasil - Quem Somos. Página visitada em 27 de março de 2010.
  2. a b Amcham Brasil - História. Página visitada em 27 de março de 2010.
  3. Amcham Brasil - American Leadership Program. Página visitada em 27 de março de 2010.
  4. Amcham Brasil - Comércio Exterior. Página visitada em 27 de março de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]