Câmara de ionização

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Uma câmara de ionização é um detector de partículas ionizadas que detecta a passagem de uma partícula medindo a carga total dos eléctrões dos iãos (íons) produzidos aquando da ionização do meio gasoso pela partícula.

Esquema de um detector a ionização

Para recuperar os eléctrões e os iãos antes que eles se recombinem em átomos, é necessária a presença de um campo eléctrico para os separar e fazê-los derivar em direcção dos eléctrodos. As cargas (eléctrões e os iãos) derivando induzem correntes nos eléctrodos, correntes que são detectadas por um amplificador que produz um sinal eléctrico.

As câmaras de ionização[1] medem as cargas depositadas pela partícula carregada ao atravessar o meio ionizado que tanto pode ser um gás como um líquido ou mesmo um sólido, cada um tendo as suas vantagens e as suas aplicações.

Uma partícula carregada suficientemente energética é capaz de tirar os electrões dos átomos do meio atravessado, é o processo de ionização, razão do nome da câmara.

As câmaras de ionização são usadas na medicina nuclear para determinar a exacta actividade do tratamento terapêutico.

Referências

  1. Glenn F Knoll, Radiation detection and measurement pub 1999. ISBN 0471 073385