Cânone Ocidental

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Cânone Ocidental é um termo utilizado para definir o cânone da literatura ocidental e, num sentido mais lato, também da música e arte clássicas europeias mais influentes para moldar a arte da cultura ocidental. Consiste num compêndio das que são consideradas as maiores obras de mérito artístico. Este cânone é fundamental para a construção do conceito de "alta cultura".

Obras[editar | editar código-fonte]

Das obras vulgarmente incluídas no cânone fazem parte obras de ficção, poema épico, poesia, música, drama, novelas e outras formas de literatura, de todas as proviniências consideradas influenciadas e/ou influenciadoras da cultura Ocidental. Muitas obras de não-ficção figuram também nestas listas, sobretudo obras das áreas da religião, mitologia, filosofia, política, história, ciência e economia.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]