Cão Raivoso (livro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cujo
Cão raivoso
Capa do livro
Autor (es) Stephen King
Idioma inglês
Género horror
Editora Viking Press
Lançamento 1981
Páginas 320
ISBN ISBN 0-451-16135-1
Cronologia
Último
Último
A Incendiária
Christine
Próximo
Próximo

Cão Raivoso (Título original: Cujo) é um livro de horror escrito pelo estadunidense Stephen King, publicado pela Viking Press em 1981. O livro conta a história da família Trenton, de classe-média. Mundana conjugal e as dificuldades financeiras desgraçaram a vida de Vic Trenton e sua esposa, Donna. Seus problemas domésticos são aumentados pelo perigo mortal quando Donna e seu filho de quatro anos, Tad, são aterrorizados por um cão da raça São Bernardo chamado Cujo. O livro foi adaptado em 1983 para um filme homônimo.

Em seu livro autobiográfico, "On Writing", King disse que escreveu o livro durante o apogeu de seu período no abuso de drogas e álcool. Nesse livro, King escreveu que se lembra muito pouco do momento de escrita de "Cujo", um de seus desgostos.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A maior parte da história se passa na cidade fictícia chamada Castle Rock, no Maine. O grande foco do livro é Cujo, um cão da raça São Bernardo que pertence a Joe Camber e sua família.

O narrador recapitula a história de Frank Dodd, o xerife de Castle Rock, que foi assassinado. Este assassinato foi o episódio central na primeira parte do livro The Dead Zone insinuando que Cujo talvez tenha sido possuido por Dodd e que Dodd está assombrando a casa da família Trenton. Exceto por essa vaga insinuação, não há elementos supernaturais no livro.

Enquanto caçava um coelho nos campos ao redor da casa da família Trenton, Cujo é mordido por um morcego infectado com raiva. Enquanto Cujo começa a sucumbir devido à doença, a esposa de Joe (seu dono) e os filhos, Charity e Brett, viajam para visitar a irmã de Charity, que vive em Connecticut. Mais tarde, Cujo ataca e mata o vizinho dos Cambers, Gary Pervier, um herói da segunda guerra mundial que se tornou alcóolatra misantropo. Joe vai até a casa de Pervier para ver se tudo está bem, e encontra-o morto. Antes que Joe possa sair para pedir ajuda, Cujo o mata também.

Os Trentons — Vic, Donna e Tad, o filho de quatro anos - estão tendo problemas familiares. Vic descobriu que sua esposa o esteve enganando. Em meio a essas tensões domésticas, Vic foge avisando que a agência está falinda, sendo forçado a deixar tudo para fazer uam viagem de negócios a Boston e Nova York.

Donna, em casa sozinha com Tad, leva seu velho Ford Pinto para os Camber consertarem. Mas o carro quebra quando eles chegam à fazenda. Entretanto, não há ninguém na casa dos Camber, exceto Cujo… Donna e Tad ficam presos dentro do carro e Cujo tenta entrar, o que dura três dias, numa sequência horripilante. Fome, sede, e fantasias de métodos para escapar conspiram contra Donna e Tad durante o verão mais cruel da história de Castle Rock. Durante uma tentativa de fuga, Donna é mordida no estômago e na perna.

O xerife de Castle Rock, George Bannerman, chega ao local, mas não demora muito para ele também ser morto pelo cachorro antes que possa pedir ajuda. Vic, preocupado com sua esposa que não atende o telefone em casa, retorna à Castle Rock e, percebendo que Bannerman não responde no rádio, vai até a casa de Camber. Tad tem uma hipertermia devido ao calor mais cruel de Castle Rock, o que faz com que Donna, incrivelmente, saia do carro para matar Cujo com um taco de beisebol.

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Cujo
  • Tad Trenton
  • Donna Trenton
  • Vic Trenton
  • Joe Camber
  • Brett Camber
  • Andy Masen
  • George Bannerman
  • Frank Dodd

Ligações externas[editar | editar código-fonte]