Cédula de cem reais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cédula de cem reais
Atual cédula de 100 reais anverso.jpg
100 reais 2012 verso.png
Dados
Cor Azul
Dimensões 140 x 63 mm
Status Normal
Lançamento 1 de julho de 1994
Relançamento 3 de fevereiro de 2010[1]
Fabricante Casa da Moeda do Brasil
www.casadamoeda.com.br

A cédula de cem Reais (R$ 100,00) é a cédula de maior valor nominal do padrão real.

Cédulas[editar | editar código-fonte]

Circula, até hoje, apenas as cédulas da estampa A com cinco tipos de assinaturas:

  • As primeiras são assinadas pelo então ministro da Fazenda Fernando Henrique Cardoso e pelo então presidente do Banco Central Pedro Malan.
  • Uma pequena parte continua com a assinatura de Malan, mas passa a ter a assinatura de Rubens Ricupero como ministro da Fazenda.
  • Uma ainda menor parte, já que foram apenas oito séries, com a assinatura de Malan como Ministro da Fazenda e Gustavo Loyola como presidente do Banco Central.
  • As mais recentes têm as assinaturas dos atuais Ministro da Fazenda Guido Mantega e Presidente do Banco Central Henrique Meirelles. Uma pequena parte foi impressa com a primeira chancela de Mantega, subsituída pela atual.

Principais Características[editar | editar código-fonte]

Anverso: Efígie Simbólica da República, interpretada sob a forma de escultura. Reverso: Gravura de uma Garoupa verdadeira (Epinephelus marginatus), peixe marinho da família dos serranídeos, e um dos mais conhecidos dentre os encontrados nas costas brasileiras (até agora).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre numismática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.