Células HEK

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Células HEK 293

Células HEK (Human Embryonic Kidney 293 cells), também chamadas por HEK 293 ou células 293 são uma cultura celular específica originalmente composta de células de um rim pertencente a um embrião humano crescidas em cultura de tecidos. As células 293 são cultivadas muito facilmente e vêm sendo usadas largamente em pesquisas de biologia celular há muitos anos. Elas também são usadas pela indústria de biotecnologia para produzir proteínas terapêuticas e vírus para terapia genética. Recentemente, foram alvo de polêmica nos Estados Unidos por serem utilizadas pela empresa Senomyx para desenvolver patentes para a indústria alimentícia.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. MORTON, Victor (30 de abril de 2012). Pro-lifers drop boycott after Pepsi disavows use of aborted fetal-cells (em inglês) The Washington Times. Visitado em 2 de maio de 2012.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Células HEK
Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia celular é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.