César Cardadeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
César Cardadeiro
Nascimento 21 de março de 1990 (24 anos)
Ocupação Ator-editor-produtor
IMDb: (inglês)

César Cardadeiro de Souza (Rio de Janeiro, 21 de março de 1990) é um ator, fotógrafo, editor e produtor brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

César Cardadeiro mostrou interesse por teatro e música desde a infância. Estudou no Conservatório Brasileiro de Música, onde aprendeu violoncelo, piano e flauta, integrando a orquestra e o projeto de sopro do CBM. Iniciou sua carreira de ator aos 5 anos, participando de peças teatrais, comerciais, series e novelas.

Aos 16 anos, preocupado com as questoes sociais e suas relações com a arte, na forma de suas manifestações populares, fundou a Cia de Teatro e Dança de Rua Conexão Urbana, enquanto integrava seu segundo ano no seriado da TV Globo, Malhação.

Foi convidado a participar de três importantes adaptações da literatura brasileira para a televisão, sendo a última como Bentinho em Capitu, microserie dirigida pelo premiado diretor Luiz Fernando Carvalho. Porém, seu trabalho mais longo na TV Brasileira, foi como Pedrinho do Sítio do Pica-Pau Amarelo.

Em sua constante inquietação por novas experimentações, ingressou como monitor dos seguintes cursos da Escola de Artes Visuais do Parque Lage: Estudos do Plano, Estudos do Espaço e Teoria e História da Arte. Também trabalhou como um dos editores do Programa Especial, direcionado para portadores de necessidades especiais, exibido a 12 anos na TV Brasil (antiga TV E).

Estreou no cinema com o longa metragem Divã. Paralelo ao seriado Aline, integrou o elenco de três longas no ano passado: Alegria, Nosso Lar e Suprema Felicidade, de Arnaldo Jabor.

.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1996 Vira-Lata -
1999 Livros Animados Bernardo
2000 Aquarela do Brasil Efrain
2001-2004 Sitio do Pica-Pau Amarelo Pedrinho
2005-2006 Malhação Pedro
2006 JK Juscelino Kubitschek (adolescente)
2008 Casos e Acasos André
2008 Capitu Bentinho (jovem)
2009 Aline Max
2012 As Brasileiras Rapaz torcedor

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
2009 Divã Filho de Mercedes
2009 Nosso Lar Mariano aos 18 anos
2009 Alegria -
2010 Paraísos Artificiais Lipe
2010 Suprema Felicidade - Cabeção

Ligações externas[editar | editar código-fonte]