Círculo menor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Círculo menor de uma esfera.

Círculo menor ou pequeno círculo é todo o círculo que resulta do corte de uma esfera por um plano que não contém o seu centro. O raio de um círculo menor é sempre inferior ao raio da esfera. O termo é também utilizado em geodesia e Navegação para designar as circunferências que delimitam esses círculos, na superfície da esfera. Neste sentido, os paralelos definidos num modelo esférico da Terra são círculos menores.

Formado por um plano que não passa pelo centro da esfera, dividindo-a em duas partes desiguais (ao contrário do círculo máximo).

O círculo menor em geodesia[editar | editar código-fonte]

O círculo menor não contém o menor valor de curvatura e assim um segmento na sua circunferência não representa o menor percurso entre dois pontos numa superfície esférica.

Exceto as latitudes de 90ºN (polo Norte), 90ºS (polo Sul) e 0º (linha do Equador), todos os paralelos na Terra são círculos menores (ou pelo menos aproximações, pois a Terra não é uma esfera). Um hipotético observador que permanecesse sobre um círculo destes via o seu caminho com certo desvio em relação à sua linha de visibilidade, um efeito da desigualdade entre os raios de curvatura sobre a esfera medidos à sua esquerda e à sua direita.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre geometria é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.