Córax de Siracusa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2010)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

Córax, em italiano Corace, (Siracusa, por volta do século V a.C.) é considerado como um dos criadores da retórica. Discípulo do filósofo Empédocles. Definiu a oratória como sendo a criadora de persuasão. Sua história é pouco conhecida, seu único livro perdeu-se, existem apenas algumas citações em Cícero e em Quintiliano.

Inventou o argumento que recebeu seu nome, o córax, que consiste em dizer que uma coisa é inverossímil por ser verossímil demais. (…)

Antifone cita o seguinte exemplo de córax: Se o ódio que eu nutria pela vítima tornar verossímeis as suspeitas atuais, não seria ainda mais verossímil que, prevendo essas suspeitas antes do crime, eu me tenha abstido de cometê-lo?".

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Arte Oratória" (tekhné rhetoriké)- perdido, mas alguns argumentam que o livro Rhetorica ad Alexandrian, atribuído a Aristóteles pode ser o livro perdido de Córax
  • Introdução à retórica. Olivier Reboul, Martins Fontes, 2004.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.