Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de CAERN)
Ir para: navegação, pesquisa
Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte
Tipo Economia mista
Indústria Prestação de serviços.
Fundação 2 de Setembro de 1969
Sede Brasil Natal, RN

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN) é uma empresa de economia mista[1] responsável pelo saneamento básico e pela captação, tratamento e distribuição de água no Estado do Rio Grande do Norte.

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) foi criada em 2 de setembro de 1969 pelo então governador monsenhor Walfredo Gurgel. A empresa incorpora e põe em prática sua missão de atender toda a população do Rio Grande do Norte com água potável, coleta e tratamento de esgotos.

O objetivo da empresa é contribuir para a melhoria da qualidade de vida de seus usuários, com postura empresarial adequada e inovadora, integrada aos demais setores de saneamento básico e respeitando os fatores sócio-econômicos e ambientais.

A Caern possui 165 sistemas de abastecimento de água distribuídos em 152 sedes de municípios e 13 localidades. No RN são 40 sistemas de esgoto em 39 municípios e 1 localidade (Praia de Pipa). Apenas 15 cidades do Estado possuem sistemas de abastecimento de água que não pertencem a Caern.

Nascida pelas mãos de monsenhor Walfredo Gurgel, a Caern é responsável por tratar e distribuir água, produto indispensável a saúde humana, cuidando de sua qualidade com esmero e compromisso.

Assim como a distribuição de água, a Caern está investindo em qualidade de vida através de saneamento básico. O aumento na coleta de esgotos vem gerando mais saúde e satisfação nos locais que recebem as obras da Companhia.


Diretoria[editar | editar código-fonte]

Diretor-presidente – Yuri Tasso Formado em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) com especialização em Avaliação e Perícia de Imóveis pelo Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos (IBEC), Yuri Tasso possui grande experiência na área de obras, uma vez que atuou por 16 anos como secretário municipal de Obras em Mossoró. O currículo do novo diretor-presidente da Caern inclui ainda o cargo de cargo de coordenador de Obras da Carteira Imobiliária do IPE (atual IPERN), onde atuou por quatro anos.

Diretor-presidente – Yuri Tasso Formado em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) com especialização em Avaliação e Perícia de Imóveis pelo Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos (IBEC), Yuri Tasso possui grande experiência na área de obras, uma vez que atuou por 16 anos como secretário municipal de Obras em Mossoró. O currículo do novo diretor-presidente da Caern inclui ainda o cargo de cargo de coordenador de Obras da Carteira Imobiliária do IPE (atual IPERN), onde atuou por quatro anos.

Diretor Comercial e Financeiro – João Maria Alves de Castro Sociólogo com especialização em Formação Executiva para a Gestão Contemporânea. Empregado da Caern há 33 anos, já ocupou na Companhia os cargos de chefe da Unidade de Clientes Especiais, foi assessor de Planejamento, gerente da Gestão Financeira, gerente da Regional Litoral Sul e chefe de Gabinete de cinco diferentes Diretores-Presidentes da Companhia.

Diretor Administrativo - Jailton José Barbosa Tinôco Engenheiro civil, com pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho. Exerceu os cargos de diretor administrativo da Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana), coordenador de transportes da Secretaria de Transportes e Trânsito Urbano de Natal (STTU) e administrador regional da Prefeitura de Natal para a Região Oeste. Foi chefe da Divisão de Engenharia, do Departamento de Engenharia e do Departamento de Crédito Industrial do antigo Banco do Estado do Rio Grande do Norte (Bandern). Ocupou o cargo de diretor Técnico da empresa Germano Consultora Ltda. e a diretoria da TELC-Tinoco Empreendimento Ltda.

Fonte: http://www.caern.rn.gov.br/contentproducao/aplicacao/caern/instituicao/gerados/diretoria.asp


História[editar | editar código-fonte]

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) foi criada em 2 de setembro de 1969 pelo então governador monsenhor Walfredo Gurgel. É uma empresa de economia mista estadual, com personalidade jurídica própria, tendo como maior acionista o governo do estado.[2]

Atualmente a empresa pública possui 165 sistemas de abastecimento de água distribuídos em 152 sedes de municípios e 13 localidades. No RN são 40 sistemas de esgoto em 39 municípios e 1 localidade (Praia de Pipa). Apenas 15 cidades do Estado possuem sistemas de abastecimento de água que não pertencem a Caern.

Críticas[editar | editar código-fonte]

A Caern é amplamente criticada por ofertar água com altos niveis de nitrato, estando assim fora dos níveis de potabilidade. O teor máximo de nitrato permitido pela Portaria nº 518/2004 do Ministério da Saúde, para a água ser considerada potável é de 10 mg/L. No entanto, de acordo com a própria Caern, alguns setores estão com os índices de nitrato acima do permitido, chegando a 19 mg/L. Fato este fez o Ministério Público entrar com uma ação civil pública contra a Caern no ano de 2007.[3]

Na questão do saneamento básico, a Caern foi eleita, em 2009, uma das melhores empresas de saneamento do país pela revista Saneamento Ambiental.[4] Entretanto, uma vistoria feita em 2010 pelo Ministério Público e Idema nas estações de tratamento de esgostos da capital, constatou-se que o esgoto jogado pela CAERN no meio ambiente não é tratado como manda a lei.[5]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Rio Grande do Norte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.