CALIPSO

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde julho de 2013). Ajude e colabore com a tradução.
Concepção artística do satélite CALIPSO.

CALIPSO é um satélite artificial de monitoração ambiental resultado da colaboração entre a NASA e o CNES. Foi lançado por um foguete Delta II em 28 de abril de 2006. Seu nome é resultado da abreviação de Cloud- Aerosol Lidar and Infrared Pathfinder Satellite Observations.

Instrumentos de sensoriamento remoto ativos e passivos a bordo do satélite CALIPSO monitoram aerosóis e nuvens 24 horas por dia. O satélite CALIPSO, é parte da constelação de satélites A-train, que inclui os satélites: Aqua, Aura, CloudSat e o PARASOL.

Instrumentos[editar | editar código-fonte]

  • Cloud-Aerosol Lidar with Orthogonal Polarization (CALIOP)
  • Wide Field Camera (WFC)
  • Imaging Infrared Radiometer (IIR)

A missão[editar | editar código-fonte]

Em fevereiro de 2009, o satélite CALIPSO passou a usar o sistema laser redundante como previsto. O laser primário atingiu seu objetivo de três anos de operação bem sucedida, e o laser redundante, acabou superando as espectativas.

A missão CALIPSO obteve o status de missão estendida em Junho de 2009.[1]

Referências

  1. The Mission. CNES.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre CALIPSO
Ícone de esboço Este artigo sobre satélites é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.