CA 19-9

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

CA 19-9 (antígeno carboidrato 19-9) é um exame de sangue da categoria dos marcadores tumorais. Foi descoberto em 1981 em pacientes com câncer colorretal e câncer de pâncreas. Tem como valor de referência até 37 U/ml. Caracteriza-se por ser uma glicoproteína do tipo mucina de elevado peso molecular. É utilizado para avaliar a recidiva de tumor pancreático e presença de metástases.[1]

Não serve para ser utilizado como diagnóstico definitivo, assim sendo serão utilizados outros marcadores para orientar a resposta do médico oncologista. Além disso, outra doenças podem aumentar a concentração desse marcador tais como: cirrose e litíase biliar.


Referências

  1. Locker G, Hamilton S, Harris J, Jessup J, Kemeny N, Macdonald J, Somerfield M, Hayes D, Bast R (2006). «ASCO 2006 update of recommendations for the use of tumor markers in gastrointestinal cancer». J. Clin. Oncol. 24 (33): pp. 5313-27. PMID 17060676.