CBS Corporation

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde outubro de 2010).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde outubro de 2010)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
CBS Corporation
CBS Corporation Inc.
Tipo Pública
Cotação NYSE: CBS
NYSE: CBSA
Indústria Radiodifusão, produção televisiva e publicação
Fundação 31 de janeiro de 2005
Proprietário(s) National Amusements, Inc.
Presidente Leslie Moonves
Pessoas-chave Summer Redstone (Presidente do conselho de administração)
Produtos CBS, Showtime, The CW, Simon & Schuster, CBS Television Studios...
Subsidiárias Showtime Networks, The CW, Simon & Schuster, CBS Sports Network
Receita Lucro US$ 14,245 Bilhões (2011)
Renda líquida Lucro US$1.305 Milhões (2011)
Antecessora(s) Viacom (1971-2005)
Página oficial cbscorporation.com

CBS Corporation Inc. (ou abreviadamente CBS Corp.) é um conglomerado de mídia norte-americano. Foi criado em 31 de janeiro de 2005, com a divisão da Viacom, sendo a CBS Corporation sua sucessora. A Viacom atual é um spin-off da empresa maior.

A CBS Corporation possui controle da CBS, The CW, CBS Radio, CBS Television Studios, CBS Television Distribution, CBS Studios International, Simon & Schuster, Showtime Networks, CBS Sports Network, CBS Television Stations, CBS Records, CBS Films, CBS Outdoor, CBS Interactive e MountainWest Sports Network.

História[editar | editar código-fonte]

Primóridios[editar | editar código-fonte]

Viacom foi criada em 1970 como uma divisão da CBS, e foi desmembrada em 1971. No entanto, em 1999, a Viacom, adquiriu a antiga empresa-mãe, por esta altura também chamada CBS Corporation, anteriormente Westinghouse Electric Corporation. Naquela época, possuia o CMT e The Nashville Network (atual Spike), mas a CBS não possuía UPN, Showtime, Paramount Television, Paramount Parks, ou Simon & Schuster. Em março de 2005, a Viacom anunciou planos de dividir a empresa em duas companhias de capital aberto, em meio a questões do preço estagnado das ações.

Em 14 de junho de 2005, o conselho de administração da Viacom aprovou a cisão da companhia em duas empresas. A CBS Corporation seria revivida por uma das empresas, a ser liderada pelo executivo de televisão (e co-presidente da Viacom) Leslie Moonves, e incluiria a CBS, UPN, Infinity Broadcasting, Viacom Outdoor, Showtime Networks, e Paramount Television, assim como outros estúdios televisivos.

A divisão foi estruturado de tal forma que a "nova" Viacom foi separada da "velha" Viacom, que foi renomeado=a para CBS Corporation. Em certo sentido, esta foi uma repetição da cisão de 1971.

A cisão foi concluída em 31 de dezembro de 2005, e as duas novas empresas passaram a ser negociadas na NYSE, no dia útil seguinte, 3 de janeiro de 2006.

2004[editar | editar código-fonte]

Neste ínterim, a Viacom/CBS estava envolvida em uma série de transações. Em 2 de dezembro de 2004 Viacom adquiriu KOVR-TV afiliada da CBS em Sacramento, da Sinclair Broadcast Group. Viacom também adquiriu duas emissoras em West Palm Beach.

2005[editar | editar código-fonte]

CBS anunciou em 3 de novembro de 2005, que iria adquirir College Sports TV (agora CBS Sports Network) por $ 325 milhões. A transação foi concluída em janeiro de 2006.

2006[editar | editar código-fonte]

Anunciado no início de 2006, CBS e DIC Entertainment assinaram um acordo de vários anos para fornecer três horas de programação que atendem aos padrões da FCC para a programação educacional. O bloco seria chamado de "KOL Secret Slumber Party in CBS" - que é também uma parceria com um serviço Kids KOL da AOL e estreou em 16 de setembro de 2006. Originalmente era para ser chamado de "Saturday CBS Morning Secret Slumber Party",.

Em 24 de janeiro de 2006, a CBS Corporation e a Warner Bros. anunciaram que estavam a criar uma nova rede de televisão, The CW Television Network. A rede foi lançada em 20 de setembro. A rede é o resultado de uma fusão da The WB (rede de TV da Warner) e UPN (rede da CBS Corporation). CBS Corporation e Time Warner, cada uma, tem 50% da rede.

Três dias após o anúncio da The CW, em 27 de janeiro, a CBS anunciou que estava vendendo a Paramount Parks. Em 23 de maio de 2006, a Paramount Parks foi vendido para a Cedar Fair Entertainment Company. Com esta aquisição, a Cedar Fair se torna a terceira maior operadora de parques temáticos. Em 30 de junho de 2006, a Cedar Fair anunciou que completou a aquisição da Paramount Parks por 1,24 bilhões dólares.

2007[editar | editar código-fonte]

Em 7 de fevereiro, a CBS anunciou que estava vendendo sete emissoras em Providence, Rhode Island, Austin, Texas, Salt Lake City e West Palm Beach, Flórida para a Cerberus Capital Management por $ 185 milhões. Ela vendeu outra estação, WFRV-TV, e da sua estação de satélite, WJMN-TV para Liberty Media em 13 de fevereiro de 2007. Em 26 de fevereiro, a CBS anunciou que irá investir em Electric Sheep, um desenvolvedor de conteúdo do mundo virtual. CBS contratou Electric Sheep para desenvolver alguns projetos, como a criação de "The L Word in Second Life". CBS também filmou um comercial dentro do mundo virtual Second Life, para promover o seu show "Two and a Half Men".

  • 20 de março: CBS/CSTV anunciou que tinha adquirido a rede de esportes MaxPreps.
  • 12 de abril: CBS Corporation anuncia a criação da CBS Interactive Audience Network .
  • 30 de maio: CBS Interactive anunciou que tinha comprado Last.fm por £ 140 milhões.

2008[editar | editar código-fonte]

  • 15 de maio: CBS Interactive anunciou que tinha concordado em comprar CNET Networks por $ 1,8 bilhão.

Empresas[editar | editar código-fonte]

Redes de TV[editar | editar código-fonte]

Rádio[editar | editar código-fonte]

Produção e Distribuição de TV[editar | editar código-fonte]

Canais de TV a cabo[editar | editar código-fonte]

Publicação[editar | editar código-fonte]

Internet[editar | editar código-fonte]

Outros[editar | editar código-fonte]

Licenciamento: CBS Consumer Products e Westinghouse Electric Corporation
Gravação: CBS Records
Vídeo doméstico: CBS Home Entertainment
Produção de Filmes: CBS Films

Emissoras de TV[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências