CNN+

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
CNN+

Informações Gerais
Nome Comercial CNN+
Slogan Está pasando, lo estás viendo"
Tipo DVB-T e DVB-S
Programação Informativa
Proprietário Compañía Independiente de Noticias de Televisión
País Espanha Espanha
Início de Transmissões 27 de Janeiro de 1999
Fim de Transmissões 28 de Dezembro de 2010
Formato de Imagem 4:3
Média de Audiência 0,7% (Junho de 2010)
Área de Transmissão Espanha Espanha
Localização Tres Cantos, Madrid
Canais irmãos TeleCinco
LaSiete
FactoríaDeFicción
CincoShop
Cuatro
40 Latino
Canal+
Página Oficial

CNN+ (lido CNN Plus) foi um canal de televisão temático espanhol dedicado à informação. Foi lançado no dia 27 de Janeiro de 1999 e finalizou as suas emissões no dia 28 de Dezembro de 2010 às 23:59[1] , sendo imediatamente substituído pelo canal Gran Hermano 24 Horas, que actualmente ocupa a sua frequência na TDT. O canal era produzido pela Compañía Independiente de Noticias de Televisión (CINTV), uma empresa participada em 50% pela companhia espanhola Prisa TV e em 50% pela empresa estadounidense Turner Broadcasting Group-Time Warner (proprietária da CNN). O seu slogan era Está pasando, lo estás viendo ("Está a acontecer, estás a vê-lo").

Desde a sua aparição na TDT, em 2008, partilhou estrutura e redacção com os informativos do canal generalista espanhol Cuatro, Noticias Cuatro. Em 2009 integrou a sua página oficial, cnnplus.com, com a página oficial da Noticias Cuatro. Além disso, o programa mais importante dessa página, o Informativo en la Red, passou a ter uma única edição e a ser apresentado por apresentadores de um ou outro canal indistintamente.

Os seus estúdios encontravam-se no edifício da Prisa TV situado na localidade madrilena de Tres Cantos.

Podia ver-se através da plataforma de televisão paga via satélite Digital+ e também gratuitamente através da Televisão Digital Terrestre e para o resto do mundo via Internet.

Tempo de Emissão[editar | editar código-fonte]

O contrato com a CNN, que permitia a utilização do nome CNN+, caducou em Janeiro de 2009, mas manteve-se prorrogado temporariamente até ao fim das emissões, a 28 de Dezembro de 2010.

Desde o dia 1 de Janeiro de 2009 até o fim das emissões, o canal retransmitiu o Sorteio da ONCE bem como microreportagens sobre o trabalho social desta organização de ajuda às pessoas com deficiência.

Para assentar espectadores antes do apagão analógico (2 de Abril de 2010), a CNN+ estreou uma nova programação no primeiro trimestre de 2010.

Na quinta-feira 14 de Janeiro de 2010 estreou-se o magazine Matinal Cuatro/CNN+ (das 7:00h às 9:30h) em emissão simultânea com a Cuatro[2] . Na segunda-feira, dia 8 de Fevereiro de 2010 estreou-se o novo magazine nocturno Hoy (das 22:00h às 00:00h)[3] . Na segunda-feira, dia 1 de Março de 2010 estreou-se o magazine vespertino Cara a cara: La Tarde en Directo (das 17:00h às 20:00h)[4] e uma semana depois, no dia 15 de Março de 2010, estreou-se o novo magazine matinal La Mañana en Directo (das 9:30 às 13:00 horas)[5] .

No dia 13 de Fevereiro de 2010 iniciou-se uma mudança de imagem corporativa com a mudança da decoração dos estúdios e novos grafismos. Estas mudanças, juntamente com a estreia dos novos magazines informativos, obedecem ao esforço do canal para desvincular-se da Noticias Cuatro (depois da fusão por absorção da Cuatro por parte da TeleCinco) para convertê-lo num canal de programas de actualidade e noticiários e deixar atrás a programação "tudonotícias" com as habituais rondas de informação.

Sobre o futuro da CNN+ na TDT, a princípios de 2010 as informações foram contraditórias: enquanto em Janeiro de 2010 se indicava que a CNN+ abandonaria a TDT para a aparição de um novo canal de notícias da TeleCinco[6] , em Março desse mesmo ano, no meio da renovação da programação do canal, informou-se que a CNN+ não se incluía no acordo de fusão entre a TeleCinco e Cuatro[7] , já que a Gestevisión TeleCinco cedeu um dos seus 8 sinais de televisão para que a Prisa TV o gerisse na sua totalidade, para a emissão em aberto da CNN+.

Finalmente, no dia 10 de Dezembro de 2010 confirmou-se a notícia de que o grupo PRISA encerraria o canal no dia 28 de Dezembro, passando todos os seus trabalhadores à agência de notícias Atlas, propriedade da TeleCinco.

No dia 29 de Dezembro de 2010, às 00:00, o canal foi substituído pelo canal Gran Hermano 24 Horas.

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.