CRESS-SP

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde julho de 2013).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

O Conselho Regional de Serviço Social de São Paulo - 9ª Região1 (CRESS-SP), integra o Conjunto Cfess/Cress, criado quando a profissão de Assistente Social foi regulamentada, pela Lei nº 3.252/57 e pelo Decreto nº 994/62 (hoje alterada para Lei 8.662/93) - uma exigência constitucional para todas as atividades profissionais regulamentadas por lei. Por ser uma entidade de direito público, o Cress SP tem suas contas apreciadas anualmente pelo Tribunal de Contas da União, TCU.

Compete ao Cress-SP:

  • Orientar, disciplinar, fiscalizar e defender o exercício da profissão de Serviço Social;
  • Zelar pelo livre exercício, dignidade e autonomia da profissão;
  • Organizar e manter o registro profissional dos Assistentes Sociais e das pessoas jurídicas que prestam serviços de consultoria;
  • Zelar pelo cumprimento e observância do Código de Ética Profissional.

Ainda, o CRESS-SP como parte do Conjunto Cfess/Cress, mantém atuação política condizente com o projeto societário definido no Código de Ética Profissional dos Assistentes Sociais2 , articulado com outros movimentos em defesa dos direitos da classe trabalhadora.

O Conselho Regional de Serviço Social de São Paulo tem 11 seccionais espalhadas pelo interior do Estado para descentralizar suas atividades e aproximar o Conselho dos profissionais do Serviço Social. As regionais são ABCDMRR, Araçatuba, Bauru, Campinas, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José dos Campos, São José do Rio Preto e Sorocaba3 .

Além disso, fundamentada na Política Nacional de Fiscalização - que visa à descentralização das demandas da categoria e a interiorização das ações dos conselhos profissionais de SS, o Cress SP criou os Núcleos de trabalho que abrem a instituição à participação direta dos Assistentes Sociais. Espalhados por todo o estado, os Núcleos contribuirão no planejamento das atividades da instituição em geral, ampliando as discussões e a organização política da categoria. Eles podem estabelecer livremente suas metas de trabalho, atendendo a objetivos temáticos específicos ou abrangentes. O processo de Nucleação está em fase de construção; novos grupos estão rapidamente se organizando. Participe você também, informando-se sobre os Núcleos existentes ou em fase de implantação, em sua região.

Referências