CTE Benevente (D-20)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wiki letter w.svg
Por favor melhore este artigo, expandindo-o. Mais informação pode ser encontrada em http://www.naviosbrasileiros.com.br/ngb/B/B036/B036.htm e também na página de discussão. (março de 2015)
USS Christopher (DE-100)
CTE Benevente (D-20).
Carreira   Bandeira da marinha que serviu Estados Unidos
Operador  Marinha dos Estados Unidos
Fabricante Dravo Corporation
Homônimo Harold Jensen Christopher
Batimento de quilha 7 de dezembro de 1942
Lançamento 19 de junho de 1943
Comissionamento 26 de outubro de 1943
Descomissionamento 19 de dezembro de 1944
Estado Retirado do registro em 20 de julho de 1953
Fatalidade Transferido para o Brasil em 19 de dezembro de 1944
Carreira Flag of Brazil.svg Brasil
Nome CTE Benevente (D-20)
Operador  Marinha do Brasil
Homônimo Rio Benevente[1]
Data de
aquisição
19 de dezembro de 1944
Estado Baixa em 1964
Fatalidade Vendido para desmanche
Características gerais
Tipo de navio Contratorpedeiro de escolta
Classe Classe Cannon (USN)
Classe Bertioga (MB)
Deslocamento 1 309 t (2 890 000 lb) (padrão)[1]
1 623 t (3 580 000 lb) (carregado)[1]
Comprimento 93,2 m (306 ft)[1]
Boca 11 m (36,1 ft)[1]
Calado 6,09 m (20,0 ft)[1]
Propulsão 4 x motores diesel-elétricos General Motors M 16-278A[1]
2 x eixos[1]
- 6 000 hp (4 470 kW)
Velocidade 21 kn (38,9 km/h)[1]
Autonomia 10 800 m.n. (20 000 km) à 12 kn (22,2 km/h)[1]
Armamento 3 x canhões de 76,2 mm (3,00 in)[1]
2 x canhões Bofors L/60 de 40 mm (1,57 in)[1]
8 x metralhadoras Oerlikon de 20 mm (0,787 in)[1]
1 x reparo triplo de tubos lançadores de torpedos de 533 mm (21,0 in)[1]
1 x lançador de bomba granada A/S (LBG) Mk 10[1]
2 x calhas de cargas de profundidade Mk 3 e 8 x projetores laterais para cargas de profundidade Mk 6 ou Mk 9[1]
2 x geradores de fumaça Mk 4[1]
Sensores 1 x radar de vigilância aérea SA[1]
1 x radar de vigilância de superfície SL[1]
2 x diretoras óticas Mk 51 acopladas ao sistema de direção de tiro Mk 51 e sonar de casco QCS-1[1]
Tripulação 216, 15 oficiais e 201 praças[1]

CTE Benevente (D-20) (ex-USS Christopher (DE-100), Cannon Class) foi um navio tipo contratorpedeiro da Classe Bertioga que serviu a Marinha do Brasil após a Segunda Guerra Mundial.[1]

Foi o primeiro navio a ostentar esse nome na Marinha do Brasil. O Benevente foi construído pelo estaleiro Dravo Corporation, em Wilmington, estado de Delaware, Estados Unidos.

Foi transferido por empréstimo e incorporado a MB em 19 de dezembro de 1944, na Base Naval de Natal, no Rio Grande do Norte, recebendo o indicativo de casco Be 6. Naquela ocasião, assumiu o comando, o Capitão-de-Corveta Jorge Campello Maurício de Abreu.

Honrarias e condecorações[editar | editar código-fonte]

Condecorações à serviço da Marinha dos Estados Unidos
American Campaign Medal World War II Victory Medal

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portais relacionados ao artigo

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v Navios de Guerra do Brasil. CTE Benevente - Be 6/D 20/U 30, Classe Cannon - DET/ Bertioga. Visitado em 26-5-2010 e 20-3-2015.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre a Marinha do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.