Cadeira Gonçalo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cadeira Gonçalo

A cadeira Gonçalo é a mais caracteristicamente portuguesa das cadeiras de esplanada.

É, na origem, uma cadeira metálica pintada, de estrutura tubular em aço, composta apenas por quatro elementos:

  • tubo que define as duas pernas de trás, o apoio para os braços e o contorno superior do encosto;
  • tubo que define as duas pernas da frente e o contorno posterior do assento;
  • encosto curvo e ligeiramente reclinado;
  • assento ligeiramente reclinado com bordo dianteiro curvo.

História[editar | editar código-fonte]

As primeiras cadeiras de modelos semelhantes terão aparecido em Lisboa nos anos 30 e 40 do século XX. Nos anos 50, anos de apogeu deste tipo de cadeira, o mestre serralheiro Gonçalo Rodrigues dos Santos terá criado o modelo definitivo, que veio a ser registado já nos anos 90 pela Arcalo, um dos fabricantes destas cadeiras.

Após anos de crise face à concorrência do mobiliário de plástico, os anos 90 trouxeram um novo interesse por este tipo de cadeira, em grande medida graças à decisão de equipar com ele todas as esplanadas do Centro Cultural de Belém e da Expo 98.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]