Cafezinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.


Cafezinho
Logo cafezinho atual.jpg
Formato Humorístico
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Emissora(s) de rádio Brasil Pop Rock FM: 1997-2013

Brasil Mix FM (POA e Planalto gaúcho: 2013-presente

Transmissão 1997 - presente

Cafezinho é um tradicional programa do rádio gaúcho, anteriormente transmitido pela Rádio Pop Rock FM e desde 20 de setembro de 2013 pela Mix FM, nas praças de Porto Alegre e Carazinho [1] , com sede e estúdios em Canoas, RS. Ele conta com comunicadores de renome no cenário gaúcho discutindo as principais notícias da atualidade, o comportamento humano, o futuro da música e fazendo muita graça com suas piadas, interação com seus ouvintes e o seu bom humor característico. O talk show vai ao ar ao vivo de segunda à sexta às 12h, além de um especial com os melhores momentos é transmitido aos sábados, também às 12h[2] .

História[editar | editar código-fonte]

O programa surgiu em novembro de 1997 na então recém inaugurada Rádio Pop Rock FM, quando quatro de seus comunicadores levavam ao ar, por ocasionalidade, uma conversa muito bem-humorada. Na mesma hora, através de faxes e telefonemas, muitos ouvintes se manifestavam positivamente pedindo para que repetissem a dose. Então, naquele dia, sem qualquer divulgação nem grandes expectativas por parte de seus apresentadores, nascia o programa.

A atração iniciava sua história com a presença de Alexandre Fetter, Arthur de Faria, Celso Garavelo, Mauro Borba e as risadas de Carlos Couto, seus idealizadores, que se surpreenderam mais tarde com o tamanho sucesso que vinham fazendo. O programa, que no começo sequer tinha um nome, estava alcançando índices nunca antes conseguidos por um programa radialístico no Rio Grande do Sul, colocando a Rádio Pop Rock no topo das mais ouvidas no horário. Nos anos de 1997 e 1998 as edições do programa também foram exibidos pela TV, no Canal 20 de Porto Alegre, o que garantia a maior audiência da emissora.

A popularidade do programa era tamanha que em 2005, com a aclamação do público e com inúmeros anunciantes querendo investir, era lançada uma segunda edição do talk show, o Café das Cinco, que mais tarde, em 2008, mudaria seu horário das 17 para às 18 horas, passando a se chamar apenas "Cafezinho".

Antes, nos primeiros anos do programa, entrava para o time mais um integrante, Mauricio Amaral, que foi muito bem recebido pelos seus, agora, ouvintes. Em 2000 Celso Garavelo deixava a rádio, e em seu lugar estreava Carlos Eugênio Nunes, o Cagê, que também ganhou a aprovação do grande público. Já no ano 2004, o talk show ganhava o "Correspondente Esportivo", quadro apresentado pelo jornalista Ramiro Ruschel.

Essa foi a equipe que ficou dez anos no ar, com direito, nesse período, a palestras, notícias em jornais e entrevista em um grande veículo de televisão, a TVCOM, da RBS. Mas em 2007, a mesma RBS que ajudou a divulgar o programa, agora o queria comprar, e assim fez, pelo menos em parte: a Rede Brasil Sul em uma forte reação ao crescimento da Pop Rock, "convidava" Alexandre Fetter, Cagê e Mauricio Amaral para integrar a equipe da Rádio Atlântida FM e do "Pretinho Básico", programa formado nos mesmos moldes do Cafezinho e que com o passar do tempo veio a alcançar altos níveis de audiência para o seu horário, o que contribuiu para a queda do número de ouvintes da Pop Rock segundo pesquisas especializadas e fez com que o programa passasse a ter uma formação instável com frequentes mudanças de integrantes e conteúdo.

A rádio da Ulbra (como também é conhecida a Pop Rock), após perder parte da audiência do programa e ver três de seus locutores sendo contratados pela sua principal concorrente, chamava Simone Cabral, Adriano Domingues, Paulo Inchauspe e Eron Dal Molin mais a efetivação de Ramiro Ruschel para ocupar os espaços vagos e assim formar o que seus ouvintes denominaram "Cafezinho New Generation". O apresentador Bivis também integrou a equipe, mas este ficou apenas sete meses.

Em setembro de 2008, após onze anos, Carlos Couto deixava o programa para dar lugar a Thadeu Malta, que assumia, assim, a ancoragem da atração, cargo que, desde a saída de Alexandre Fetter, era ocupado por Mauro Borba. Mas a passagem de Thadeu pelo programa durou pouco. O radialista deixava a atração em março do ano seguinte, 2009. Assim, Inchauspe passava a assumir a ancoragem. Em junho, ainda em 2009, Ramiro Rushel deixava de ser participante integral do programa e voltava a apenas apresentar o "Correspondente Esportivo", quadro que desde sua estréia nunca saiu do ar, mas que viria em maio do ano seguinte a se intitular "Drops Máquina do Cafezinho".

Já em agosto, era a vez de Eron Dal Molin deixar a atração. Para substituí-lo, estreava o ator e humorista Cris Pereira. Em setembro, ocorria o retorno de Bivis (na primeira edição) mais a efetivação do locutor Márcio Paz (na seguna edição). Ambos, porém abandonariam o programa mais tarde, em março de 2010 sem qualquer manifestação. Bivis, no entanto, voltaria, novamente, em maio (em ambas edições).

Antes, em abril o programa voltava a dar as caras na TV: o "Pingos de Café", também em duas edições diárias, passaria a exibir cerca de cinco minutos do Cafezinho ao vivo na Ulbra TV, emissora do Grupo Ulbracom. "Pingos de Café" passou a ser um dos picos de audiência do canal.

Já em agosto estreava uma figura já conhecida pelo público do programa. Óliver Webber, após diversas participações, ganhava lugar fixo no programa. Ele entrava para substituir Bivis que deixava novamente a atração, porém, dessa vez apenas a segunda edição.

Por motivos desconhecidos e para a decepção de todos os ouvintes do programa Cafezinho, Adriano Domingues e Simone Cabral deixaram de ser comunicadores da rádio em outubro de 2010. No mesmo mês, a mais nova contratada Grazi Oliveira, tornou-se integrante da atração em um dos horários.

Após a mudança da rádio do prédio da Ulbra Com (que foi leiloado) para Canoas, no prédio 11 da universidade, Grazi Oliveira deixou a grade da emissora. Pouco tempo depois, Simone Cabral torna a reintegrar o grupo de comunicadores do Cafezinho. No dia 23 de fevereiro de 2012, o ex-integrante Eron Felipe Dalmolin retorna ao programa[3] . para suprir a saída de Ramiro Ruschel[4] [5] , que foi para o Grupo RBS.

Em julho do mesmo ano, Eron deixou a rádio e anunciou em seu Twitter que seguiria novos projetos. Já no mês de agosto, quem anunciou a saída foi Paulo Inchauspe, que através de seu Facebook despediu-se e agradeceu os ouvintes.

No dia 19 de julho de 2013 foi anunciado no Facebook da rádio o cancelamento da edição das 17h à partir de 22 de julho, após 9 anos no ar, desagradado ouvintes que se manifestaram contra através das redes sociais, alegando-se questões comerciais. O programa clássico na rádio FM gaúcha foi substituído por um musical pop sem intervalos. Não ouve sequer outra posição oficial por parte da emissora.

No dia 5 de setembro de 2013, outro que divulgou seu desligamento da emissora (dias antes da Mix FM assumir o controle da rádio), e consequentemente do programa, foi o então âncora, Bivis. Segundo ele, em comunicado no Facebook, por motivos pessoais.

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Integrantes fixos[editar | editar código-fonte]

Integrante Tempo de atividade Trabalho Anterior
Arthur de Faria 1997-atualmente Rádio FELUSP
Júlio Rafael 2014-atualmente -
Lucas Krug 2011-atualmente -
Luis Gustavo Bivis 2007-2009, 2011-2013 e 2014-atualmente -
Mauro Borba 1997-atualmente Rádio FELUSP
Óliver Webber 2012-atualmente Unidade Móvel da Pop Rock
Simone Cabral 2007-2010 e 2011-atualmente -

Participações esporádicas[editar | editar código-fonte]

Integrante O que faz
Fernando Perdigão Comunicador na Mix FM Porto Alegre
Rodrigo Lúcio Comunicador e vinhetas na Mix FM Porto Alegre

Ex-integrantes[editar | editar código-fonte]

Integrante Tempo de atividade Destino
Adriano Domingues 2007-2010 Locutor na Rádio Gaúcha
Alexandre Fetter 1997-2007 Locutor e Coordenador na Rádio Atlântida
Carlos Eugênio "Cagê" 2000-2007 Locutor na Rádio Atlântida
Carlos Couto 2000-2008 Locutor na Rádio Itapema
Carolina Reque 2010-2011 Locutora na Rádio Ipanema
Celso Garavelo 1997-2000 -
Cris Pereira 2010-2012 Motivos profissionais
Eron Dalmolin 2007-2009 e 2012 Rádio Bandeirantes (Esportes FM Porto Alegre)
Eduardo Mendonça 2011-2013 Motivos profissionais
Grazi Oliveira 2010-2011 Integra o Kzuka no Grupo RBS
Maurício Amaral 2000-2007 Locutor na Rádio Atlântida
Márcio Paz 2009-2010 Locutor na Oi FM [nota 1]
Paulo Inchauspe 2007-2012 Prudutor e músico da banda ManiMani
Pedro Espinoza 2012-2014 -]]
Ramiro Rushel 2004-2007 [nota 2] e 2007-2012 [nota 3] Narrador no Grupo RBS e produtor do Bola nas Costas da Rádio Atlântida
Renato Pereira 2009-2010 Saiu por motivos pessoais
Thadeu Malta 2008-2009 e 2013-2014 Locutor na Rádio Ipanema FM

Fotos[editar | editar código-fonte]

Cafezinho.jpg Cafezinho mix.png Mix cafezinho.jpg Cafezinhos.jpg

Produtos[editar | editar código-fonte]

Em 2005 era lançado pela Tridente/Vertical o CD "Cafezinho", com uma compilação de piadas contadas no programa. Em seguida, em 2006, era lançado o CD "Cafezinho Dois - Uma Máquina de Fazer Rir", outra compilação de piadas que trazia ainda uma última faixa que continha algumas das mais polêmicas brigas e "pisadas na bola" da história do programa. Em 2007, pela Editora da Ulbra, era publicado o Livro/CD "As Melhores Piadas do Cafezinho" com piadas e textos dos integrantes do programa. No ano seguinte, em 2008, movidos pelo sucesso da primeira edição do Livro/CD, era lançado, pela mesma editora, "Cafezinho Impresso - As Melhores Piadas do Programa".

Convidados[editar | editar código-fonte]

O programa tem como costume trazer convidados ilustres para um bate-papo descontraído, tal como fez com os músicos Wander Wildner e Lobão, Nando Reis as bandas Cascavelletes, Detonautas, Skank, os rappers Marcelo D2 e MV Bill, atores como José de Abreu, o técnico de futebol Felipão e o jornalista Lasier Martins, entre muitos outros.

Em vésperas de eleição o programa também realiza o serviço público de entrevistar os candidatos políticos ao governo do Rio Grande do Sul, porém sem perder o seu característico bom humor, como é de praxe.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Mauro Borba já lançou um livro. A obra distribuída pela Editora Artes & Ofícios chama-se "Prezados Ouvintes - História do Rádio e do Pop Rock". Lá Mauro revela detalhes da criação da Rádio Ipanema até momentos marcantes do Cafezinho. A "orelha" do livro foi escrita por Arthur de Faria.
  • Lançado em 2007, o Livro/CD "As Melhores Piadas do Cafezinho", da Editora da Ulbra, foi a obra mais vendida da 52ª edição da Feira do livro de Porto Alegre. Ainda nesta edição a equipe do programa alcançou o posto de segunda maior sessão de autógrafos da história da feira, com mais de três horas de duração, atrás apenas de Paulo Coelho. Em 2008, na 53ª edição da feira, os comuicadores repetiram o feito, lançando, novamente, a obra mais vendida, o Livro/CD "Cafezinho Impresso".
  • No dia 17 de janeiro de 2012 o programa recebeu o prêmio Joaquim Felizardo, entregue pela Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre na categoria Mídia Rádio. [6]

Notas

  1. Transferiu-se posteriormente para o Grupo RBS
  2. Como Correspondente Esportivo
  3. Como integrante fixo

Referências

  1. - Rádio pop Rock passa a ser Mix FM no feriado farroupilha Título não preenchido, favor adicionar (em português) Rockgaucho.com.br/noticias/radio-pop-rock-passa-a-ser-mix-fm-no-feriado-farroupilha.html. Página visitada em 16 de setembro de 2013.
  2. Pop Rock, tudo pra você curtir - Programação (em português) Poprock.com.br. Página visitada em 12 de março de 2012.
  3. Coletiva de Imprensa de Eron Dalmolin (em português) Poprock.com.br. Página visitada em 12 de março de 2012.
  4. Ramiro Ruschel deixa a rádio PopRock FM (em português) Papodegringo.blogspot.com. Página visitada em 12 de março de 2012.
  5. Ramiro Ruschel confirma saída da PopRock e é o novo contratado do Grupo RBS (em português) Papodegringo.blogspot.com. Página visitada em 12 de março de 2012.
  6. VI Prêmio Joaquim Felizardo destacou carreiras dedicadas a cultura na cidade (em português) Portoalegre.rs.gov.br. Página visitada em 12 de março de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]