Cahiers du Cinéma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Cahiers du Cinéma é uma revista sobre cinema editada na França e criada em março de 1951 por Jacques Doniol-Valcroze, André Bazin e Lo Duca.

É uma revista francesa sobre crítica do cinema, fundada em 1951 por André Bazin, Jacques Doniol-Valcroze e Joseph-Marie Lo Duca.

A revista surge quando alguns críticos e escritores de cinema da época decidem expressar suas idéias e se tornar diretores.

Se trata, na verdade, de uma união entre a originária revista intitulada Revue du Cinéma e a participação dos membros dos cineclubes parisinos: Ciné-Club du Quartier Latin e Objectif 49 (no qual contribuiam nomes como Bresson, Cocteau and Alexandre Astruc, entre outros).

Nesta união, foram somados à equipe de edição (que era inicialmente composta por Éric Rohmer e Maurice Scherer) outros colaboradores: Jacques Rivette, Jean-Luc Godard, Claude Chabrol e François Truffaut.

Estes jovens colaboradores estavam recém incursionando à direção de filmes nos fins dos anos 50, depois de ter desempenhado a profissão de roteiristas durante os anos anteriores.

A Cahiers du Cinéma foi uma das principais revistas a defender a Política dos autores.

Desde 10 de maio de 2007, esta revista, que já conta com edições em vários idiomas, é editada também na Espanha (em espanhol) pela Caimán Ediciones.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma revista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.