Cairn terrier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cairn terrier
Nome original Cairn Terrier
País de origem Escócia
Características
Classificação e padrões
Federação Cinológica Internacional
Grupo 3
Seção 2 - Terriers - de pequeno porte
Estalão ##4 24 de junho de 1987

Cairn terrier[Nota], originário da Escócia, é uma raça de cães antes chamados de skyes terriers de pelo curto. Considerado dócil, apesar de ousado, e que não requer muitos cuidados, seu nome atual foi inspirado em sua função de afugentar pragas e presas escondidas nas pilhas de pedras denominadas cairns. Classificados comos animais alegres, travessos e autoritários, adaptam-se facilmente a famílias que vivem tanto no campo quanto na cidade e cujos membros sejam ativos. De pelagem dupla, dura, felpuda e de cores variadas, tem o corpo quadrado e robusto. Com predileção por latir, é um cão de fácil adestramento, apesar de precisar ser supervisionado em um primeiro contato com uma criança. Entre os cães mais famosos desta raça está Totó, companheiro de Dorothy em O Mágico de Oz.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Fogle (2009), pág 83

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Cairn terrier
Wikipedia lexikon2.jpg   Nota linguística: Na busca pela padronização de uma nomenclatura^ e para adequar a grafia da Wikipédia às normas do português, os nomes das raças - alguns mantidos no original (Fogle (2009)) - estão grafados em iniciais minúsculas, como também visto em dicionário de Cinologia. Todavia, as entidades cinófilas - CBKC do Brasil, CPC de Portugal e FCI - possuem o padrão adotado em maiúsculas, assim como a Enciclopédia Conhecer (vol. II, p. 414).


Ícone de esboço Este artigo sobre cães, integrado ao Projeto Cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.