Calcocita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Dezembro de 2008).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Calcosita

Calcocita, calcosita ou calcosina é um mineral composto de sulfeto de cobre Cu2S. É opaco, com coloração variando de cinza escuro a preto e estrutura ortorrômbica.

Características[editar | editar código-fonte]

  • Fórmula Química - Cu2S
  • Composição - Sulfeto de cobre. 20,2% S, 79,8% Cu
  • Cristalografia - Ortorrômbico, Hexagonal
  • Classe - Bipiramidal-rômbica
  • Propriedades Ópticas - Anisotropia fraca, branco-azulado
  • Hábito - Pseudo-hexagonal, maçico, granular
  • Clivagem - Imperfeita {110}
  • Dureza - 2,5 - 3
  • Densidade relativa - 5,5 - 5,8
  • Fratura - Concoidal
  • Brilho - Metálico a lustroso
  • Cor - Cinza-claro

Associação[editar | editar código-fonte]

Associada a outros sulfetos, como calcopirita, bornita, enargita.

Propriedades Diagnósticas[editar | editar código-fonte]

Baixa dureza, embaçamento preto, hábito, sectibilidade, cor, brilho, cor de traço preto.

Ocorrência[editar | editar código-fonte]

Hidrotermal em veios com outros sulfetos, normalmente presente na zona de enriquecimento supérgeno de depósitos de cobre sulfetados.

Obtenção[editar | editar código-fonte]

Pode ser obtido através da ustulação do principal minério de cobre, a calcopirita ( CuFeS2).[1]

Usos[editar | editar código-fonte]

É utilizado como fonte de cobre através da sua ustulação.[1]

Referências

  1. a b CARVALHO, Geraldo Camargo de. Química Moderna, volume único. Editora Scipione (2000). Pág. 185. ISBN 85-262-3021-2
Ícone de esboço Este artigo sobre um mineral ou mineraloide é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.